quinta-feira, 18 de agosto de 2016

[RESENHA] WICKED

Livro:Wicked
Autor: Gregory Maguire
Tradução de: Tatiana Leão
Editora: Leya
The Wicked Years #01

"O Mágico de Oz'' é considerado por muitos um universo muito bonzinho... bonzinho até demais...Já Wicked, muitos conhecem por causa do famoso musical da Broadway (que lançou a Idina "Let It Go" Menzel ao estrelato) e por até hoje ainda estar em cartaz e nesse ano ganhou uma adpatação para os palcos tupiniquins.
O livro tem a intenção de mostrar o outro lado da jornada de Dorothy, entrando por aspectos mais densos da mitologia de Oz. Para quem não sabe, Oz tem mais de 40 livros sobre vários personagens desse universo, além disso as inúmeras adaptações do livro para as mais diversas formas (provavelmente você vai lembrar de Somewhere Over The Rainbow).


A protagonista, já mostrado pela capa, é a Bruxa Malvada do Oeste, ou como chamaremos de agora em diante Elphaba. Acompanhamos desde o seu nascimento até sua morte pela água.Em contraponto, vemos o poder do Mágico de Oz e como ele vai influenciando cada parte da Terra de Oz. Também vemos aspectos da religião e do misticismo,algo que vai pernear toda a história da protagonista. 

Elphaba não é uma personagem altamente carismática como é descrito no musical, ela é um pouco azeda,nisso criamos uma certa empatia por ela. Seus posicionamentos políticos e religiosos é o ponto primordial para entendermos como Maguire aprofunda sua Oz. Munchkins, Quadlings, Galikins e Winkies não são apenas pessoas pequenas ou com certas particulariedades na aparência,eles são aprofundados de modo cultural e social.Também há referências constantes a mitologia de Oz e como ela foi estabelecida por Maguire de modo comparativo com o nosso mundo,até quebrando paradigmas criados na história centenária.

Glinda não é tão boa assim, vemos uma evolução da personagem no decorrer do livro, também em contramão ao musical, o livro foca mais na jornada de Elphaba.
Isso sem contar que não existe Defying Gravity aqui! A questão de nascer mal e de se tornar mal durante a vida é um tema constantemente repetido na obra, gerando questionamentos durante todo o enredo, até gerando dúvidas como "será que o mágico é tão bom assim?" até "Porque Dorothy tinha que matar a Bruxa Malvada do Oeste?".

Se você for para o livro imaginando que será exatamente como o musical, você pode se frustrar um pouco. Há inúmeras diferenças além do teor do livro, que tem sexo,morte, torturas,entre outras coisas. Chegando a conflitar de modo extremo o "conto de fadas sem pesadelos" que L Frank Baum tanto queria com Oz. O livro é o primeiro de uma série de quatro livros, chamados The Wicked Years, tomara que a Leya lance os outros volumes logo logo!

Back
to top