terça-feira, 28 de junho de 2016

[RESENHA] LIGEIRAMENTE SEDUZIDOS

Livro:  Ligeiramente Seduzidos
Série: Os Bedwyns #04
Autora: Mary Balogh
Editora: Arqueiro

Resumo:
Jovem, estonteante e nascida em berço de ouro. É apenas isso que Gervase Ashford, o conde de Rosthorn, enxerga em Morgan Bedwyn quando a conhece, num dos bailes da alta sociedade inglesa em Bruxelas.
Em circunstâncias normais, ele não olharia para ela duas vezes - prefere mulheres mais velhas e experientes. Porém, ao saber que Morgan é irmã de Wulfric Bedwyn, a quem Gervase culpa pelos nove anos que passou longe da Inglaterra, decide que ela é o instrumento perfeito para satisfazer seu desejo de vingança.
Mas Morgan, apesar de jovem e inocente, também é independente e voluntariosa e, assim que entende as intenções do conde, se prepara para virar o jogo e deixar claro que não se deixará manipular por ninguém.
Em Ligeiramente Seduzidos, quarto livro da série Os Bedwyns, Mary Balogh nos brinda com mais uma história fascinante. Em uma trama repleta de traição e vingança, escândalo e sedução, ela mostra que o caminho para o amor pode ser difícil, mas que a recompensa faz cada passo valer a pena.

Resenha:
Morgan Bedwyn é sem dúvida a mais bela da família Bedwyn e com toda essa beleza e a riqueza da sua família não se espera nada menos que ela seja a beldade da temporada. Mas a realidade para Morgan acaba se tornando maçante e cansativa. Todos os bailes, pretendentes e figurantes da sociedade acabam se tornando entediantes e é devido a isso que  quando surge uma proposta para que ela acompanhe a amiga numa viagem a Bruxelas ela imagina que a estadia será muito mais empolgante que as enfadonhas reuniões britânicas.
Ela não poderia estar mais enganada. Apesar da iminência de um possível ataque, por parte de Napoleão, nenhum dos nobres realmente acredita que algo catastrófico assim possa acontecer, e a reuniões de Bruxelas se torna, se não mais, enfadonha e entediante que as Britânicas. 
Gervaise Ashford, o Conde de Rosthorn, foi acusado de um crime que não cometeu e devido a isso banido por seu pai da Inglaterra a nove anos, e desde então a única coisa que o mantém são é um forte desejo de vingança por aquele que foi o culpado de seu banimento: O Duque Bewcastle. Após vaga pela Europa ele decide ficar em Bruxelas, já que há um grande número de nobres da sociedade londrina. Parece que o destino que que ele enfim se vingue e logo no primeiro baile que comparece ele se depara justamente com a irmã de Bewcastle, e que ela seria a mais linda da festa. Claro que a idade dela é um problema, provavelmente essa é a primeira vez em sociedade, mas para obter sua vingança esse problema bem que vem a calhar. Como um libertino costumaz que é não será necessário muito para encantar essa jovem dama e assim arruinar sua reputação.. arruinando assim a do irmão mais velho.
O que ele não esperava é que a jovem e deslumbrante Morgan Bedwyn tem mais cabeça e atitude que as demais damas que ele já conheceu. Ele começa a notar que por trás da arrogancia inerente dos Bedwyns, Morgan é inteligente, vivaz e, ao contrario do que pensam, tem uma mente rápita e lógica.
O que começou com uma vingança aos poucos vai se tornando uma forte atração. Mas a culpa espreita e após vários acontecimentos traumáticos o passado retorna para cobrar seu preço.
Será que a culpa e a vingança serão maior que o amor???
Poderão esses dois obterem um verdadeiro futuro juntos???
Mais uma vez Mary Balogh nos trás uma mocinha nada mocinha. Já estou começando a me acostumar com essas protagonistas de romances de época que são bem a frentes do seu tempo, e sendo uma Bedwyn esse caso é mais comum do que se possa esperar. 
Mesmo sendo a mais nova, e consequentemente a mais isolada, Morgan tem uma mente rápida e é cheia do opinião, foi criada de uma maneira pouco ortodoxa e não tem vergonha em falar o que pensa, também é bem propícia a usar o olhar e a altivez dos Bedwyns para conseguir o que quer.
Gervaise é um homem que busca vingança, ele foi acusado de um crime que alega não ter cometido e como punição acabou sendo exilado e por nove anos a única coisa que quer é vingança, e quando surge uma oportunidade não é capaz de deixar passar. O que ele não esperava é que a dama em questão fosse encantá-lo tão profundamente. 

A história é emocionante, os relatos da guerra são comeventes e a dor da perda é tocante (eu admito que dei uma choradinha em determinada cena). Adorei esses dois e me surpreendi com a força de Morgan. Agora eu preciso muuuito do próximo para saber o que verdadeiramente aconteceu!!!!
Super recomendo!!!
Back
to top