segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

[RESENHA] UM BEIJO INESQUECÍVEL

Livro: Um Beijo Inesquecível
Série: Os Bridgertons #07
Autora: Julia Quinn
Editora: Arqueiro

Resumo:
Toda a alta sociedade concorda que não existe ninguém parecido com Hyacinth Bridgerton. Cruelmente inteligente e inesperadamente franca, ela já está em sua quarta temporada na vida social da elite, mas não consegue se impressionar com nenhum pretendente.
Num recital, Hyacinth conhece o belo e atraente Gareth St. Clair, neto de sua amiga Lady Danbury. Para sua surpresa, apesar da fama de libertino, ele é capaz de manter uma conversa adequada com ela e, às vezes, até deixá-la sem fala e com um frio na barriga.
Porém Hyacinth resiste à sedução do famoso conquistador. Para ela, cada palavra pronunciada por Gareth é um desafio que deve ser respondido à altura. Por isso, quando ele aparece na casa de Lady Danbury com um misterioso diário da avó italiana, ela resolve traduzir o texto, que pode conter segredos decisivos para o futuro dele.
Nessa tarefa, primeiro os dois se veem debatendo traduções, depois trocando confidências, até, por fim, quebrarem as regras sociais. E, ao passar o tempo juntos, eles vão descobrir que as respostas que buscam se encontram um no outro... e que não há nada de tão simples – e de tão complicado – quanto um beijo.



Resenha:
Mais uma vez Julia Quinn nos encanta com essa família. Esse foi, sem dúvida, o livro mais divertido que eu li desses irmãos (apesar do meu favorito continuar sendo o de Colin).
Hyacinth Bridgerton é única e tem uma personalidade que só perde para a famosa Lady Dambury (essa velha é o máximo), que também é uma grande a miga sua (e de certa forma uma inspiração). 
Sendo a mais nova, e ainda solteira apesar de já estar na quarta temporada, Hyacinth tem sofrido muito com as intenções, nada sutis, de sua mãe casamenteira. E a situação só piora quando sua mãe se uni a Lady Danbury para casá-la com Gareth St. Clair (o neto de Lady Dambury).
Gareth teve uma vida complicada, desde muito cedo descobriu que seu pai não o amava pela fato dele ser fruto de uma traição. E após ir contra as vontades de seu "pai" ele parte de casa sem nada e sem pretensão de um dia ter nada (afinal seu irmão mais velho que herdaria o título).
Graças a sua avó, Lady Dambury é mãe de sua mãe, ele consegue se estabelecer. Anos depois seu irmão sofre um acidente e morre e ele acaba sendo o herdeiro do título de seu pai, e de suas dívidas. Porém seu irmão deixou um diário que pertenceu a sua "avó" paterna que pode mudar algumas coisas em sua vida. 
O problema é que o diário está em italiano e é devido a isso que o destino de Hyacinth e Gareth se estreitam. Como ela sabe um pouco de italiano se oferece para traduzir o diário, e juntos eles partem a uma verdadeira caça ao tesouro. 
A proximidade aumenta a atração que um sente pelo outro e aos poucos a amizade vai ser tornando em algo mais... E nem mesmo os segredos do passado de Gareth poderão afastá-los.
Eu amei essa livro, Hyacinth desde o início tem sido super divertida, vale lembrar que dez anos se passaram desde o primeiro livro. Nós, leitores, acompanhamos o crescimento de Hyacinth no decorrer dos livros e é sempre muito divertido vê-la e conhecer mais da personalidade única dela. 
Com um espírito livre ela sempre chora a sociedade londrina com sua extrema sinceridade (acredito que esse é o principal motivo da amizade dela com a Lady Dambury) e não é de estranhar que ela vá se envolver justamente com Gareth.
As discussões deles são divertidíssimas e o desfecho da trama é maravilhoso.
Mais uma vez Julia Quinn nos dá mais razões para amar essa família, só fico triste pelo fato do próximo livro, o de Gregory, ser o último. :(
Esse livro é maravilhoso e super recomendo. 

Back
to top