quinta-feira, 29 de outubro de 2015

ENTÃO EU ASSISTI... ''STRAIGHT OUTTA COMPTON - A HISTÓRIA DO N.W.A.''

Straight Outta Compton - A História do N.W.A.

Lançamento: 29/10/2015
Diretor: F. Gary Gray
Distribuidor: Universal Pictures Brasil
Nota:

Em meados dos anos 80, um grupo de jovens negros sonhava em fazer sucesso em Compton, uma das regiões mais perigosas do Condado de Los Angeles, aterrorizada pela ação de gangues, bem como da polícia. Com músicas de conteúdo pesado, repletas de palavrões e críticas sociais que escancaravam a realidade em que viviam, Dr. Dre, Ice Cube, Eazy-E, DJ Yella e MC Ren fizeram do Niggaz Wit Attitudes (N.W.A.) um dos grupos mais influentes dos Estados Unidos.

O N.W.A. ficou conhecido pelas suas letras de cunho violento, sexual, e de imensa crítica à sociedade, e foram a origem de um dos maiores movimentos e grupos do hip-hop: o ”gangstar rap”. O grupo passa a ser porta voz de uma inteira geração de pessoas massacradas por um sistema do qual o grupo fortemente caminhava contra.


O filme acompanha a história do grupo desde a sua formação, nos anos 80, até meados dos anos 90. No caminho, passa por dezenas de casos de preconceito racial, escancara a violência entre gangues e a corrupção na indústria musical. Por ter duas horas e meia de duração o filme acaba sendo um pouco cansativo. Todo esse tempo dá a oportunidade do longa destacar todos os membros do grupo e também passar pelas trajetórias de outros nomes do rap americano (como Suge Knight, Snoop Dog, Tupac e companhia), mas o foco está mesmo na dinâmica entre Eazy E, Dr. Dre e Ice Cube (o trio que cresceu em Compton formava a alma do grupo) e o quais as funções de cada um no grupo.

A trilha sonora inclui clássicos do grupo, como a música que dá título ao filme, e recria a polêmica execução de ''Fuck Tha Police'' em um show de Los Angeles. Como poucos, Straight Outta Compton é uma aula de história e entra de cabeça na análise de como legisladores e a polícia não consideravam o Rap como um estilo de música, ou mesmo um produto da cultura de um grupo social, e o esforço que fizeram para calar essas vozes o mais rápido possível. No entanto, a briga pela liberdade de expressão, símbolo do N.W.A é sempre retratada  com bastante fidelidade.


Ice Cube e Dr. Dre são produtores no filme, o que dá uma maior veracidade ao longa e mostra o outro lado do que estava ocorrendo na época. A direção fica por conta do F. Gary Gray, que além de contar os fatos cria uma atmosfera muito plausível e de fácil absorção, utilizando como ferramenta a própria briga de classes e a ebulição do racismo, e cenas que beiram uma tensão e um suspense desconfortante. 
Esse filme é uma excelente dica para o feriadão!!!




             
Back
to top