sexta-feira, 29 de maio de 2015

[RESENHA] O PRÍNCIPE DOS CANALHAS

Livro: O Príncipe dos Canalhas
Série: Scoundrels #01
Autora: Loretta Chase
Editora: Arqueiro

Resumo:
Sebastian Ballister é o grande e perigoso marquês de Dain, conhecido como lorde Belzebu: um homem com quem nenhuma dama respeitável deseja qualquer tipo de compromisso. Rejeitado pelo pai e humilhado pelos colegas de escola, ele nunca fez sucesso com as mulheres. E, a bem da verdade, está determinado a continuar desfrutando de sua vida depravada e pecadora, livre dos olhares traiçoeiros da conservadora sociedade parisiense. Até que um dia ele conhece Jessica Trent...
Acostumado à repulsa das pessoas, Dain fica confuso ao deparar com aquela mulher tão independente e segura de si. Recém-chegada a Paris, sua única intenção é resgatar o irmão Bertie da má influência do arrogante lorde Belzebu.
Liberal para sua época, Jessica não se deixa abater por escândalos e pelos tabus impostos pela sociedade – muito menos pela ameaça do diabo em pessoa. O que nenhum dos dois poderia imaginar é que esse encontro seria capaz de despertar em Dain sentimentos há muito esquecidos. Tampouco que a inteligência e a virilidade dele pudessem desviar Jessica de seu caminho.
Agora, com ambas as reputações na boca dos fofoqueiros e nas mãos dos apostadores, os dois começam um jogo de gato e rato recheado de intrigas, equívocos, armadilhas, paixões e desejos ardentes.


Resenha:
Sabe quando você imagina uma coisa e lê algo totalmente diferente do que imaginava e mesmo assim adora cada momento??? Fui eu lendo esse livro.
Eu amo romance de época (cadê a novidade disso???) e esse não foi diferente. A diferença está em como a história é contada, eu estou acostumada com o clichê ( mocinha boazinha e um tanto independente, com uma beleza diferente das demais que acaba chamando a atenção do mocinho, em geral lindo e de família tradicional, que depois de muitas adversidades, cenas hots, acabam juntos) e esse livro foge da regra.Para começar não é a mocinha que é de "beleza fora do comum" e se acha feia, sem graça, essas características fica com o nosso mocinho, e é nossa "mocinha" que mostra, com muito sacrifício, sua verdadeira beleza. 
Sebastian é o filho do segundo casamento do Marquês de Dain, após o falecimento de seus quatros filhos e de sua esposa ele resolve se casar com uma jovenzinha de uma tradicional e nobre família italiana. Ele não esperava que sua esposa fosse tão fogosa e mimada, com isso quando seu filho nasceu ele simplesmente deixou de comparecer em seu leito conjugal e fez da vida da Marquesa e do seu filho um inferno. Sebastian não tinha o aspectos dos nobres ingleses, seus traços eram grosseiros, ele era desajeitado, com pela escura e enorme nariz pontiagudo. E foi muitas vezes comparados a cria do demônio. Ainda novo teve que passar por diversas adversidades (a fuga e posteriormente morte da mãe e também as agreções físicas e mentais do pai) e também por muitos problemas na escola, onde foi apelidado de Belzebu. Desde cedo aprendeu a agredir antes de ser agredido e a fazer de sua vida um verdadeiro escândalo, também aprendeu o valor do dinheiro e conseguir, sozinho, ter uma excelente economia. 
Após a morte do pai parte para Paris e vive uma vida desregrada e dá razão aos diversos "títulos" que adquire (Belzebu, cria do demônio, Príncipe dos Canalhas...) e é numa tarde de negócios que ele a conhece. 
Srta Jessica Trent é diferente é diferente de todas as mulheres de sua época, aos 27 anos ela é auto suficiente, inteligente além da média e muito avançada para o seu tempo. De uma beleza estonteante rejeitou diversos pedidos de casamento, e mesmo agora quando deveria ser considerada solteirona ainda continua a encantar os homens com sua beleza e graça. Assim como sua avó ela é considerada uma Femme Fatale e sabe usar do seu charme quando lhe convém. Jessica vem a Paris para livrar seu estúpido irmão das "garras" da péssima influência do Belzebu. O que ela não imaginava era que iria sentir uma louca atração pelo viril, forte e belo homem que é Dain. E é aí que começa os jogos. 
Toda Paris aposta nesse casal e do início ao fim do livro há uma grande luta pelo poder. É uma verdadeira guerra. 
O que eu mais gostei da história é a mocinha salvar o mocinho. Estamos tão acostumados ao homem ser o forte da relação que quando notamos que Jess é a lutadora e quem mantém as coisas em ordem e que Dain é o sencível (um verdadeiro molenga embaixo da casca grossa) começamos a enxergar mais humanidade nos personagens.
Jessica é bem a frente do seu tempo e Dain sempre ataca e ver o pior das pessoas. Ambos são bem desconfiados e devido a isso a história deles vive complicada, cada um interpreta os atos do outro da pior forma possível. Acho lindo o fato dela lutar por ele e tentar salvá-lo de si mesmo, também me apaixonei pelo Dain, a história dele é triste e conseguimos entender o porque dele ser como é.
A Loretta Chase me fez apaixonar por essa história, eu ri horrores com as brigas, me emocionei com o passado de Dain, me identifiquei na Jess e amei toda a história. Simplesmente me encantei pelo enredo, a construção dos personagens e toda a escrita do livro (isso sem falar no belíssimo trabalho da editora na tradução e diagramçação do livro).
Eu nunca tinha lido um livro dessa autora antes e admito que me apaixonei por tudo!!! Espero ler mais dela em breve (fiquei super curiosa pela vida e destino dos outros personagens da trama...kkk)
Super recomendo esse livro!!!!


Back
to top