terça-feira, 26 de maio de 2015

[RESENHA] LIGEIRAMENTE MALICIOSOS

Livro: Ligeiramente Maliciosos
Série: Os Bedwyns #02
Autora: Mary Baloghs
Editora: Arqueiro

Resumo:
Após sofrer um acidente com a diligência em que viajava, Judith Law fica presa à beira da estrada no que parece ser o pior dia de sua vida. No entanto, sua sorte muda quando é resgatada por Ralf Bedard, um atraente cavaleiro de sorriso zombeteiro que se prontifica a levá-la até a estalagem mais próxima.
Filha de um rigoroso pastor, Judith vê no convite do Sr. Bedard a chance de experimentar uma aventura e se apresenta como Claire Campbell, uma atriz independente e confiante, a caminho de York para interpretar um novo papel. A atração entre o casal é instantânea e, num jogo de sedução e mentiras, a jovem dama se entrega a uma tórrida e inesquecível noite de amor.
Judith só não desconfia de que não é a única a usar uma identidade falsa. Ralf Bedard é ninguém menos do que lorde Rannulf Bedwyn, irmão do duque de Bewcastle, que partia para Grandmaison Park a fim de cortejar sua futura noiva: a Srta. Julianne Effingham, prima de Judith.
Quando os dois se reencontram e as máscaras caem, eles precisam tomar uma decisão: seguir com seus papéis de acordo com o que todos consideram socialmente aceitável ou se entregar a uma paixão avassaladora?
Neste segundo livro da série Os Bedwyns, Mary Balogh nos conquista com mais um capítulo dessa família que, em meio ao deslumbramento da alta sociedade, busca sempre o amor verdadeiro.

Resenha

Esse segundo livro conta a história do terceiro irmão Bedwyn, Rannulf, com Judith. Tudo começa com uma noite chuvosa, Judith está a caminho da casa de sua tia, onde irá ter o cargo de acompanhante de sua avó. A familia dela passa por sérias necessidades, seu irmão caçula é muito inresponsável e gastou todas as economias da família (como também as chances dela e suas irmãs realizarem um bom casamento). No caminho para a casa de sua rica tia a diligencia sofre um acidente e é neste acidente que ela conhece um cavalheiro que está de passagem e vem ao resgate das pessoas. Judith sempre foi uma boa moça, meio sem graça, com baixa auto-estima, além de provavelmente se tornar uma solteirona, então ela vê neste estranho a  oportunidade de viver verdadeiramente algo especial (mesmo que se arrependa depois). Então ela resolve usar um outro nome e parte com o estranho em busca de ajuda.
Rannulf está a caminho da casa de sua avó para tentar, mais uma vez, dissuadi-la de tentar casá-lo com alguma mocinha, quando esbarra com uma diligencia tombada no meio da estrada. Mesmo querendo seguir em frente sua educação não permite e ele para para tentar ajudar, ele estava prestes a partir para pedir ajuda quando a vê. Ela é alta, elegante e de uma beleza deslumbrante, e, num impulso, ele a convida para seguir viagem com ele em busca de ajuda.
É impossível negar a atração e Sr. Ralf e Claire se entregam a uma deliciosa paixão. Mas essa paixão tem validade e quando a chuva finda cada um vai para o seu lado. O que nenhum dos dois poderia imaginar é que voltariam a se ver e de uma forma inesperada. Judith descobre que Ralf é um lorde e Rannulf que a atriz nunca existiu.
Eu amei esse livro, falando super francamente achei ele infinitamente superior ao primeiro. Não me entendam mal eu amo o Aidan..kkk.. mas Rannulf conquistou meu coração..kkkk
A Judith é super demais, ela foge do padrão das mocinhas chatas e sem sal. Apesar de se achar feia (culpa dos pais) e sem graça podemos ver a evolução dela, dela se descobrindo bela e sedutora.
Adorei ler esse livro, eu devorei a leitura. Quando comecei a ler não consegui mais parar.
A Mary consegue captar o leitor do começo ao fim, criando uma história envolvente, linda e divertida, com personagens carismáticos. Estou ansiosa pelos demais livros (infelizmente para mim eu não resisti e li o primeiro capítulo do próximo livro e agora estou morrendo de curiosidade..kkkkk)
Eu adorei essa leitura e super recomendo!!!!
Back
to top