sábado, 30 de maio de 2015

[LANÇAMENTOS] MÊS DE JUNHO - EDITORA INTRINSECA

Bebês submarinos
Seth Casteel
Seth Casteel provocou alvoroço na internet e nas livrarias do mundo inteiro ao apresentar suas fotos divertidas e inusitadas de cães adultos e filhotes mergulhando na água para abocanhar bolinhas e outros brinquedos. Agora, ele se supera novamente: desta vez, quem toma conta das piscinas são os bebês mais fofos de todos os tempos.
O fotógrafo que arrebatou o Instagram clica mais de sessenta crianças em seus primeiros meses de vida, o período mágico em que tudo é uma grande novidade. E, para realizar esse projeto, conta com a participação de escolinhas de natação infantil dedicadas a ajudar os pequenos a se tornar mais confiantes ao descobrir o mundo. Bochechas rechonchudas, dobrinhas apaixonantes e expressões da mais pura e inocente alegria — é irresistível.


Isla e o Final Feliz
Anna, Lola e Isla # 3
Stephanie Perkins
Tímida e romântica, Isla tem uma queda pelo introspectivo Josh desde o primeiro ano na SOAP, uma escola americana em Paris. Mas sua timidez nunca permitiu que ela trocasse mais do que uma ou duas palavras com ele, quando muito.
Depois de um encontro inesperado em Nova York durante as férias envolvendo sisos retirados e uma quantidade considerável de analgésicos, os dois se aproximam, e o sonho de Isla finalmente se torna realidade. Prestes a se formarem no ensino médio, agora eles terão que enfrentar muitos desafios se quiserem continuar juntos, incluindo dramas familiares, dúvidas quanto ao futuro e a possibilidade cada vez maior de seguirem caminhos diferentes.
Com participações de Anna, Étienne, Lola e Cricket, personagens mais do que queridos pelo público apresentados em livros anteriores da autora, Isla e o final feliz é uma história de amor delicada, apaixonante e sedutora, um desfecho que vai fazer os fãs de Stephanie Perkins suspirarem ainda mais.

Moneyball
O homem que mudou o jogo
Michael Lewis
O mundo dos esportes leva à loucura milhares de fãs que acompanham de perto cada partida, aflitos com as possibilidades criadas pelo acaso. Mas um homem se recusou a aceitar a suposta aleatoriedade de uma das maiores paixões dos americanos: o beisebol. Como gerente geral de um dos times de menor orçamento da grande liga, Billy Beane impôs uma gestão mais racional, uma nova perspectiva sobre o beisebol, e usou um alto conhecimento em matemática para determinar o modo de jogar e selecionar os atletas contratados pela equipe. Moneyball é a saga em busca do segredo do sucesso do Oakland Athletics sob seu comando.
Numa narrativa repleta de personagens fascinantes e questionamentos inteligentes, Michael Lewis mostra a luta de um administrador para levar seu empreendimento à máxima performance pelo menor custo, e impor racionalidade num universo dominado por favorecimentos, desperdício e vícios. É a história de superação de um time medíocre e a biografia de um homem que se destacou num dos negócios mais ferozes e competitivos dos Estados Unidos.

Serena
Ron Rash
Pemberton, um rico madeireiro, e sua esposa, Serena, são um casal ambicioso, determinado a derrubar todas as árvores das montanhas da Carolina do Norte para aumentar sua fortuna durante a Grande Depressão. Mas um projeto de parque nacional ameaça esses planos. Pemberton passa a subornar as pessoas mais influentes para manter sua propriedade e seu poder. Já Serena, sem escrúpulos, recorre a outros argumentos: a força, as armas e a crueldade. Para sustentar o grande império e conseguir o que ambicionam, os dois vão passar por cima de tudo. Até deles próprios. Uma narrativa brilhante, que equilibra beleza e violência, paixão e ódio, impiedade e amor.

• Com roteiro do próprio autor e direção de Susanne Bier, Serena foi adaptado para o cinema em 2014 com Jennifer Lawrence e Bradley Cooper nos papéis principais.
• Autor de romances, poesia e coletâneas de contos, Ron Rash recebeu diversos prêmios. Serena é seu quarto romance e foi finalista de ficção do PEN/Faulkner Award de 2009.

Quem é você, Alasca?
Edição comemorativa de 10 anos
John Green
Publicado pela primeira vez em 2005, nos Estados Unidos, o romance de estreia de John Green ganha agora uma edição especial comemorativa que inclui:
• Um texto de apresentação pessoal e revelador assinado por John
• Cenas cortadas do manuscrito original
• Detalhes do processo de edição do romance
• Respostas de John às perguntas dos fãs

Miles Halter estava em busca de um Grande Talvez. Alasca Young queria descobrir como sair do labirinto. Suas vidas colidiram na Escola Culver Creek, e nada nunca mais foi o mesmo.
Miles Halter levava uma vidinha sem graça e sem muitas emoções (ou amizades) na Flórida. Ele tinha um gosto peculiar: memorizar as últimas palavras de grandes personalidades da história. Uma dessas personalidades, François Rabelais, um poeta do século XV, disse no leito de morte que ia “em busca de um Grande Talvez”. Para não ter que esperar a morte para encontrar seu Grande Talvez, Miles decide fazer as malas e partir. Ele vai para a Escola Culver Creek, um internato no ensolarado Alabama.
Lá, ele conhece Alasca Young. Ela tem em seu livro preferido, O general em seu labirinto, de Gabriel García Márquez, a pergunta para a qual busca incessantemente uma resposta: “Como vou sair desse labirinto?” Inteligente, engraçada, louca e incrivelmente sexy, Alasca vai arrastar Miles para seu labirinto e catapultá-lo sem misericórdia na direção do Grande Talvez. Miles se apaixona por Alasca, mesmo sem entendê-la, mesmo tentando sem sucesso decifrar o enigma de seus olhos verde-esmeralda.
Back
to top