quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

[RESENHA] OS ASSASSINOS DO CARTÃO POSTAL

Livro: Os Assassinos do Cartão Postal
Autor: James Patterson
Editora: Arqueiro


Resumo:

Uma viagem a Roma:
Jacob Kanon, um detetive da divisão de homicídios do Departamento de Polícia de Nova York, está muito longe de casa. Em sua longa viagem, já conheceu as mais belas cidades da Europa. No entanto, não é a paisagem que o atrai. Para ele, cada café, catedral ou museu é uma pista dos assassinos de sua filha. 
Um rastro de sangue:
A filha de Jacob, Kimmy, é apenas uma peça de um doentio e intricado quebra-cabeças. Amsterdã, Copenhague, Madri, Paris... Em toda a Europa, jovens casais são encontrados mortos com a garganta cortada. Os assassinatos não parecem ter qualquer conexão, além de cartões-postais enviados para os jornais locais dias antes da descoberta de cada crime. 
Mais pessoas correm perigo:
Numa tentativa de salvar as próximas vítimas, Jacob vai se unir à jornalista Dessie Larsson, que caba de receber um cartão-postal em Estocolmo. O que eles não imaginam é que os crimes têm um propósito bem diferente do que pensavam. 


Resenha:

Jornalistas de toda a Europa estão recebendo cartões postais de locais importantes de seu país, seguidos de polaroides contendo cenas de assassinatos. Casais em lua de mel estavam sendo assassinados, e ninguém sabia as causas daqueles crimes cruéis, ninguém havia ligado os pontos, até Dessie Larson, a penúltima pessoa a receber uma carta dos assassinos. Após receber o cartão postal, ela tem uma surpresa na entrada de sua casa, um homem fedido, tendo fortes semelhanças com um mendigo o espera à porta, trata-se de Jacob Kanon, policial que teve a sua filha assassinada pelos assassinos do cartão postal, que só terá descanso após encontrar os responsáveis por aquela atrocidade. 

Com detalhes minuciosos e perfeitos, James Patterson - e Liza Marklund - conseguiram me prender instantaneamente nesta leitura. Os diferentes pontos de vista entre assassinos e investigadores deixa a história ainda mais emocionante, sabendo como os assassinos agem a partir de seus pontos de vista, ansiamos por uma resposta sobre por quê eles agem daquela maneira, e pouco a pouco, os investigadores (Dessie, Jacob, Gabriella, entre outros) vão desvendando este mistério e dando detalhes de cada crime, assim como suas ligações. 
Há meses não lia um livro que tivesse me prendido dessa forma, me arrependo de não ter feito esta leitura antes. Cada vez que me deparo com livros como este, me torno ainda mais fã de obras de suspense e investigação criminal.
Com 303 páginas, James Patterson me deixou completamente satisfeita. Super recomendo! 


Back
to top