quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

[PRIMEIRAS IMPRESSÕES] A MAIS PURA VERDADE


Esse mês a Editora Novo Conceito mandou pros seus parceiros um livreto contendo os primeiros capítulos do livro A Mais Pura Verdade, do autora Dan Gemeinhart. Eu dei um alida e tirei algumas conclusões, fazendo uma "quase resenha". 

Espero que vocês gostem, pois eu estou super curioso a respeito desse livro...

Livro: A Mais Pura Verdade
Autora: Dan Gemeinhart
Editora: Nova Conceito
ResumoA Mais Pura Verdade - Em todos os sentidos que interessam, Mark é uma criança normal. Ele tem um cachorro chamado Beau e uma grande amiga, Jessie. Ele gosta de fotografar e de escrever haicais em seu caderno. Seu sonho é um dia escalar uma montanha.

Mas, em certo sentido um sentido muito importante , Mark não tem nada a ver com as outras crianças.

Mark está doente. O tipo de doença que tem a ver com hospital. Tratamento. O tipo de doença da qual algumas pessoas nunca melhoram. Então, Mark foge. Ele sai de casa com sua máquina fotográfica, seu caderno, seu cachorro e um plano. Um plano para alcançar o topo do Monte Rainier. Nem que seja a última coisa que ele faça. A Mais Pura Verdade é uma história preciosa e surpreendente sobre grandes questões, pequenos momentos e uma jornada inacreditável.


Minhas impressões a respeito do livro... 
Mark não recebeu bem a última notícia que o médico havia dado sobre seu estado de saúde e resolveu seguir rumo a última coisa que gostaria de fazer, ir ao Monte Rainier. Ele não aguentava mais aquela situação e precisava fazer aquilo, parar de fugir da morte e deixar acontecer e que fosse naquele lugar que a tanto tempo sonhou ir. Enquanto seus pais não estavam em casa, ela pega sua mochila com pequenos pertences e seu fiel amigo, o cãozinho Beau e sai em sua grande aventura de chegar naquela montanha.Fiquei admirado com a valentia de Mark, afinal o garoto tem apenas 12 anos e toma uma decisão que muitos adultos não teriam. Claro que ele passa por muitos apuros devido a sua inocência, mas quem pode julgar um menino que já passou por tanta coisa?. Dan conseguiu me prender com sua escrita e me emocionou com um personagem de sentimentos tão fortes. Quando essas 95 páginas terminaram, fiquei com água na boca e implorando por mais! Ansioso para saber o que vem a seguir! A diagramação está linda, com letras grandes e páginas amareladas. A Capa e contracapa tem cores fortes, que nos chamam atenção com suas ilustrações. Entre os capítulos narrados em primeira pessoa, há os "meios capítulos" que são narrados em terceira pessoa, dando-nos uma visão geral do que acontece no decorrer da história. Mark levará os leitores a refletir e se emocionar com sua vida tão cheia de momentos marcantes.
Back
to top