sábado, 19 de outubro de 2013

[RESENHA] ACONTECEU EM PARIS

Livro: Aconteceu em Paris
Autora: Molly Hopkins
Editora: Novo Conceito


Sinopse:
Evie Dexter quer fazer carreira como guia de turismo. Determinada como é, e cheia de coragem por causa de um ou outro drink, ela logo começa a “melhorar” seu currículo. E consegue um ótimo emprego: acompanhar turistas por toda Paris. Agora é só uma questão de se firmar como profissional demonstrando o seu melhor. Mas os vinhos franceses são tão gostosos... E seu tutor, Rob, é bonito demais!
O primeiro romance de Molly Hopkins é um livro que todo mundo gostaria de ler. É verdade que você pode se incomodar com o comportamento de Evie quando ela descobre que Rob é muito rico, e pode até ser que você ache que Rob é exageradamente controlador. Mas nada é maior que as gargalhadas que você dará quanto mais conhecer a garota descomedida, apaixonada e com um imenso coração que é Evie. Uma moça como muitas que conhecemos.


Resenha:
Genteee eu A-M-E-I esse livro! Sério! Um dos livros mais engraçados que já li na minha vida!
A Evie é uma figura, e eu adorei a forma dela pensar nas coisas, não que seja certo, mas o objetivo é ser engraçado não é mesmo?! Ela é uma doida, alcoólatra e viciada em compras que acabou de ser demitida e quer se aventurar (realmente é se aventurar, ela não sabe no que tá se metendo) numa nova profissão como guia turística. Nesse novo “emprego” ela conhece o Rob, que é o motorista lindo e gostoso que vai trabalhar com ela agora e que salva o emprego dela, porque, sinceramente, do jeito que ela é não era para dar certo mesmo, e ainda por cima é bom de cama (menina sortuda). Não posso me esquecer de falar da Lulu, a outra doida com quem ela mora e que também é alcoólatra e vive comprando coisas inúteis. Morro de rir com cenas delas duas. Ah também tem a irmã mais velha sem noção dela (tem uma cena dela com o Rob e a Evie que eu realmente chorei de rir), que tem duas filhas gêmeas, que se encaixam perfeitamente como o anjo e o demônio da história. E também não posso me esquecer do
Nikki e sua família tipicamente grega, que também nos faz dar muitas gargalhadas. É sério, se você estiver procurando um livro para morrer de rir, e com personagens birutas esse é o seu livro. Eles não são tão loucos assim, mas é que se metem em cada situação e são tão... como posso dizer... criativos! Com certeza recomendo a todos! Esse livro já está entre os meus favoritos e a autora também. Como tem muitos diálogos ele é muito gostoso de ler e embora ele seja grandinho acabamos lendo-o rápido demais!
Um livro para você rir, na verdade gargalhar, e se apaixonar pelos personagens.
Back
to top