terça-feira, 25 de junho de 2013

[EU NÃO SOU BAÚ], Emoção de uma fã #Bloodlines

































O primeiro dia começou com os autógrafos dos pacotes All Acess (meu) e o Blood Brothers. Quando os atores entraram no palco eu achei que o meu coração tinha parado, eu só sabia gritar e ficar olhando pra eles tentando realizar que eu estava a 15m dos meus ídolos. Quando eu subi no palco pra pegar o autógrafo, o primeiro que eu vi falei foi o Nate. Ele olhou pra mim sorrindo e fez "Hey, what's your name?" (Qual seu nome?) e então eu disse e fiquei paralisada olhando pra ele sem acreditar que eu estava falando com NATE BUZOLIC, depois ele me perguntou algo que eu não entendi por estar apreciando a beleza dele (que eu acho que foi sobre ter muita gente e muito grito) e eu só consegui falar ¨Yes¨, ele agradeceu e eu também e fui pro Matt. Quando ele olhou pra mim eu coloquei a mão no coração e ele me olhou como se achasse que eu ia passar mal e então me cumprimentou e meu mundo parou. Ele falou algo que eu não consegui entender pelo barulho e eu achei que ele tinha perguntando o meu nome também, quando eu falei ele me olhou com uma cara de "O que essa doida falou?" KKKKKK Então o segurança tirou minha atenção e quando eu vi o Matt tinha me entregado o autógrafo e deu um sorriso PERFEITO pra mim. A Torrey foi a pessoa mais meiga da con, ela falou comigo, me deu meu autógrafo e se despediu com um "Thank you lovely". Agora vem a parte da ficha cair: MR. PAUL WESLEY! Quando eu cheguei na frente dele o diálogo foi esse: EU: "Hi Paul!" ELE: "Hey! How are you?" EU: "I'm fine and you?" ELE: "Oh I'm great (levanta a cabeça com um sorriso incrivelmente perfeito) thank you girl!" Aí os seguranças me guiaram pra saída do palco. Quando eu cheguei lá embaixo a ficha caiu e o choro começou. Depois teve o painel e foi muito lindo, eles riam muito e brincavam muito. Depois do painel começaram as fotos individuais. O primeiro foi o Paul, eu agarrei ele e depois da foto ele sorriu e falou novamente "Thank you very much!". Depois veio a Torrey, e ela já chegou com um "Hey Sweet!" com um sorriso de orelha a orelha, eu apertei muito ela e ela me apertou demais também. Em seguida veio o Matt. Porra, quando eu vi o Matt eu abracei ele como se fosse a última coisa que eu ia fazer na vida. Quando ele me apertou de volta da mesma forma (leiam um quebrando o outro ao meio) eu quase chorei e então agradeci olhando nos olhos dele e ele me deu um sorriso e agradeceu. Então chegou o Mr. Buzz, ele foi muito fofo, botou a mão na minha cintura e quando a foto acabou ele rindo soltou um "Thank you so much" e acabou o primeiro dia. O segundo dia começou com uma conferência via Skype com o Ian (Chorei feito uma condenada), ele disse que sente falta do Brasil, que quer voltar o mais rápido possível, que ama as brasileiras e sente falta de peitos brasileiros KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK ele falou algumas outras coisas que depois vocês verão no vídeo que eu vou postar. Ah! Ia esquecendo a melhor parte: O Nate tirou a camisa em cima do palco e todas morreram! Depois começou os autógrafos dos pacotes que faltavam. Enquanto isso, os atores leram plaquinhas que o pessoal da plateia fazia. Eu fiz um cartaz que dizia assim "Matt, I love you more than you'll never know. Could you draw a ? in my wrist, for me to get it tattooed?" (Matt, eu te amo mais do que você um dia saberá. Você poderia desenhar um coração no meu punho pra eu tatuar?). Então, um staff que eu conheci no dia anterior, que foi meu anjo da guarda, mostrou ao Matt. Quando ele viu (acho que ele só leu a primeira parte porque não estava tão perto), ele começou a me mandar beijos e acenar pra mim. Eu cai na cadeira e botei pra chorar. Chorava que eu soluçava e Felipe me acalmando. Depois eu levantei o cartaz e ele saiu no telão e então ele conseguiu ler. Quando o Nate leu, ele abriu a boca com espanto sem acreditar. Quando o Matt leu ele virou pra mim e perguntou, incrédulo, se aquilo era sério e eu respondi que sim. Ele então fez dois legais pra mim e disse que faria e então eu chorei só mais um bocadinho KKKKKKKKKK Depois eu peguei um papel com a Pri e fiz um pra Torrey pedindo pra ela me mandar um beijo. Assim que eu levantei, ela leu e mandou (sentiu a moral? KKKK). Depois foi o tão esperado Meet&Greet. Depois de passar um tempão esperando do lado de fora, a gente entrou. Cara, quando eu fiquei frente a frente de novo com eles, minhas pernas começaram a tremer. Então começaram as perguntas. Ai eu abri o meu cartaz e o Paul foi o primeiro a ler, foi tudo mais ou menos assim: PAUL: "Hey Matt, it's for you!" e leu o cartaz em voz alta. Ai o Matt fez "Of Course, come here!" Quando eu tava indo na direção do Matt, o Paul virou pra mim e falou algo como "Caramba, você vai mesmo tatuar?" e eu fiz "Sim, é claro!" e ele ficou com uma cara de "Incrível!". O Matt pegou uma caneta de autógrafo com o staff e começou a treinar corações num papel, depois ele segurou meu braço com força e tremendo começou a desenhar. Enquanto o Matt desenhava, o Paul disse que ele era um privilégiado por ter uma fã que faria aquilo por ele e a Torrey disse que ele realmente era um privilégiado. Quando ele terminou de desenhar, ele olhou pra mim com um sorriso que dizia algo como "Eu não tenho palavras pra te agradecer" e eu fui sentar chorando. Agora vou contar algo que aconteceu com o Felipe. Ele fez uma plaquinha "I'm gay for Paul" e quando o Paul leu ele disse que era gay por ele também e então o Felipe começou a chorar e o Paul POR VONTADE PRÓPRIA se levantou e foi abraçar ele, o que é algo raro do Paul. Voltando para mim, na hora que acabou o M&G, nós formamos uma fileira pra cumprimentarmos todos. Falei com o Paul, com a Torrey e com o Nate só com um tchauzinho e um Goodbye. Quando eu cheguei no Matt, ele segurou meu punho com os dois braços e fez: "Don't cry, don't cy. I love you girl, thank you" com um sorriso filho da mãe que acabou com meu sistema nervoso. Quando eu sai da sala eu chorava tanto que parecia que tinha morrido gente. Então eu encontrei Agatha, passei uns 3 minutos abraçada com ela chorando e dizendo que eu tinha conseguido. Depois que eu me acalmei mais, eu peguei um outro cartaz que eu tinha feito e tinha deixado com ela e fui lá pra o meu lugar. Então teve um painel com a Torrey e o Paul (CASAL MAIS FOFO EVER ?). Depois foi a vez do Matt e do Nate. E eu fui pra muvuca pra tentar ir perguntar. Eu fui a ultima a ser chamada e a penúltima a falar lá em cima. Quando chegou na minha vez, o Bryan Tanaka (SIM, O PRÓPRIO), me chamou e eu mostrei o coração e ele mostrou o coração no telão. Então ele disse "Você ama muito esse cara né?" e eu fiz "Amo, muito!". Então eu entreguei o cartaz dizendo "Matt, we're all your submissives", com o meu twitter, o da Agatha, o da Mika, o da Raquel e o da Thammy. Nele tinha também #50ShadesOfMatthewDavis e o nome Pernambuco. Quando eu entreguei a ele, ele sorriu e fez "aww" parecia um gatinho SOS e estendeu a mão pra eu segurar e me puxou pra um abraço. Sabe aquele momento que poderia durar para sempre? Foi aquele. Eu coloquei meus braços por cima dos ombros dele (PS: Eu tava de ponta de pé e ele teve que se abaixar) e ele colocou as mão na minha cintura e me puxou. Quando eu grudei nele e falei no ouvido dele: "I love so so so so much Matt". Ele simplesmente GEMEU no meu ouvido e falou: "I love you so much girl" CARAMBA EU TÔ CHORANDO SÓ DE LEMBRAR DISSO. Ah, o Nate veio olhar o coração de novo e pediu pra eu mostrar a ele antes de eu abraçar o Matt. Segundo Agatha, ele leu o cartaz e não entendeu e mostrou ao Nate que pelo jeito não entendeu também então ele partiu pro Bryan, que ficou uma cara de "Mentira que elas escreveram isso" mas eu não vi a reação deles, então Agatha sua linda deixe essa resposta aqui nos comentários. E a melhor parte, ela disse que ele disse que eu sou a esposa brasileira dele. APENAS ISSO. E acabou (a parte boa) da convenção. Estou vivendo o meu momento "Dane-se o mundo, eu sou a amada esposa do Matt Davis". Bom gente foi isso. E que venham as próximas! ?
Back
to top