sábado, 29 de junho de 2013

[EU NÃO SOU BAÚ] Bloodlines Convention - Primeiro Dia!


Oieeee, cheguei nesta ultima segunda feira em Recife e adivinhem quem veio comigo no voo? O Munhoz e o Mariano... até quis pedir foto com eles só por zoeira mas Rita deixou não L
Vamos falar do que interessa, a convenção Bloodlines da série The Vampire Diaries!!!!!!!!
No sábado , Rita Fernanda, Eduarda (prima da nossa amiga Rita) e eu seguimos de metrô pelos trilhos de São Paulo até chegarmos no Bairro da Liberdade. Chegamos pouco depois das 08:00 horas da manhã e demos de cara com uma ladeira enormeeee e lá no final dela estava o final da fila para o check in no evento... o que demorou muito e houve muita confusão e desorganização. Aqui o LINK de um grupo muito legal que estava na fila com a gente e por eles e pela expectativa de conhecer os atores tudo valeu à pena.


Sabem que é este homem?



Não, né? Então...
Uma coisa inusitada foi a presença do coreógrafo da Beyonce, sim , o próprio Bryan Tanaka era só sorrisos e simpatia! Gente do céu, ele foi nosso anfitrião e não falhou com o público. Ele conversou, desceu do palco e se infiltrou entre os fãs para conversar sobre banalidades. Ele soube conduzir muito bem o pré-evento, assim que Tanaka deu as boas vindas ao elenco a cortina se abriu revelando Iphones que nos filmavam e adivinhem quem estava segurando o aparelho? O Matt Davis! E em seguida surgiram o Paul, Torrey e Nate. A gritaria rolou solta, nós gritávamos por eles e eles sorriam e gritavam por nós,  assim que eles se sentaram no cenário preparado para a con [diga-se de passagem, tenho que ter um sofá daquele na minha humilde residência] aconteceu o mutirão de autógrafos. Ok, aquilo não me agradou muito. Esperava um painel com perguntas e respostas e no entanto fiquei tentando vê-los por brechas entre uma fã e outra que deslizavam felizes no palco por ter o seu primeiro contato com os atores.
Quando finalmente chegou a minha vez eu fiquei tensa, mas não porque estava nervosa e sim porque o primeiro a me dizer um “hi” seria o Nate. De todos os vampiros originais o Kol era o meu 3º favorito e perto do Elijah e do Klaus, quem era o Kol? Ledo engano! O vampiro ganhou um destaque nesta ultima temporada que foi surpreendente assim como o ator que o interpreta teve uma ascendência meteórica entre os fãs. Quando o Nathaniel Buzolic olhou pra mim e sorriu eu me derreti toda, ele me perguntou como eu estava porém mal consegui responder devido ao fato de que havia perdido a voz na semana que antecedeu a viagem. Quando consegui dizer que estava ruim da garganta fui conduzida até o próximo ator. E lá estava o Matt Davis [Alaric]. O professor de história da trama me olhou com aquele par de olhos verdes claros e eu surtei. O homem é um coroa lindo de viver e super charmoso, ele me disse algo do tipo “Você disse ao Nate que estava doente?” fiz que sim com a cabeça e ele fez uma carinha de cachorro que caiu da mudança. Logo fui empurrada para a Torrey [Drª Meredith] , que até então não fazia diferença na série e portanto para mim a atriz era dispensável no evento... outro maravilhoso engano. Ela é uma divaaaaaaaaaaaa! Muito linda pessoalmente, sorridente, elegante, sexy e meiga. Morri de amores por ela ali, que me cumprimentou cordialmente e deu um tampinha na minha mão. O Paul [Stefan] estava ao lado da esposa e todo mundo sabe o quanto eu tenho problemas com o Stefan... ou contra o ator, sei lá. Eu de verdade estava com medo da minha reação. Se ele fosse antipático como demonstra ser e fosse um terço do que se ouviu falar a seu respeito a coisa ia feder porque eu também não sou nem um pouco simpática. A questão é, eu ia estar diante do Paul e finalmente poderia saber se eu odiava o Stefan ou se não gostava mesmo do ator. E fiquei com essa dúvida até a tarde de domingo kkkk. Paul foi sorridente apesar de que ele mascava um chiclete de forma tão escancarada que estava me irritando. Ele perguntou se eu estava bem e eu novamente disse que estava doente da garganta, ele parou de escrever o nome dele e me encarou, baixou a cabeça e continuou a escrever, disse para eu me cuidar mas ai, ele estava de cabeça baixa e eu já estava de costas quando ele me fez uma pergunta que não ouvi bem. Eu parei e olhei para ele que esperou a resposta... então falei “ele falou alguma coisa?” mas o segurança já me encaminhava para fora do palco.

Um a um todos os fãs receberam seus autógrafos e ao final tivemos um break para o almoço. De volta ao espaço Hakka uma hora depois se iniciou o primeiro painel onde fãs fizeram suas perguntas e foi a chance dos atores se revelarem. Perguntas indiscretas para o casal Wesvitto sobre os beijos e cenas de sexo [ lembrando que Matt Davis pegou  a Torrey e o Paul a Nina, quero dizer, o Ric pegou a drª Meredith e o Stefan a Elena que namorava o Ian, ops, a Nina namorava o Ian que é irmão do Paul na trama]. Bryan como anfitrião conduziu a plateia e as perguntas, vez ou outra fazia uns passos de dança o que levava todo mundo a loucura. Mas o que chamou a minha atenção foi o fato que os atores fizeram uma rápida pesquisa sobre o fã brasileiro e já chegaram fazendo coraçõezinhos com as mãos e falando em português que não falavam português. O Nate e o Matt de longe foram os mais assediados. A todo instante se levantava um coro de Paul, eu te amo. E ele retribuía com sorrisos e agradecimentos foi então que todos os atores receberam um coro especial. Ao fim do painel, Bryan conversou com a plateia e explicou que as fotos iriam começar. O povo surtou e até subiu nas cadeiras! Mas o melhor foram as batalhas de cartazes e fotos. Os câmeras do evento buscavam na plateia plaquinhas que diziam “Team Delena”, Stelena is epic”, “We want more Dalaric”, “Klaroline ever” e a gritaria rolava solta no salão. Até que se abriu o mar vermelho, Stelenas gritavam de um lado e as Delenas , supremacia incontestável, faziam as Stelenas ficarem quietas. Uma única coisa unia os dois lados, o amor por Klaroline e as fotos dos Mystic Boys seminus. Aí tudo vinha a baixo!
Na hora das fotos foi aquela correria por parte dos organizadores e staffs, verdade seja dita, eles pecaram feio. Devo confessar que não sabia o que fazer quando soube que não poderia escolher a pose e a foto seria de qualquer jeito, não tive tempo de tirar o meu cardigã. Meu look por baixo dele estava de arrasar [digo mesmo, não sou baú!] mas nenhum dos atores viu. A minha primeira foto, para meu desespero total foi com o Paul. Outra oportunidade de descobrir se não gosto dele ou do Stefan. Me assustei quando ele saiu de trás da divisória que nos separava, ele me olhou bem direto e perguntou novamente se eu estava bem, disse “I´m fine” e pus a mão na garganta que estava para lá de dolorida. Depois do susto que ele me deu por estar usando tanto pó na cara ele colocou a mão na minha cintura e eu na dele. Ele posou no melhor estilo Paul Wesley, fez aquela cara de pamonha do Stefan e voilá, eu já estava sendo empurrada para minha nova diva Torrey, ela me deu “Hi” tão cheio de dentes e perguntou se eu estava melhor... caramba, eu pensei, ela lembrou que eu estava mal da garganta. Um staff lindo de morrer [ de ódio, já que ele não gosta da fruta, pera, era para eu tá falando disso?] me puxou de volta para o Paul e se abraçou comigo, elogiou a minha roupa e começamos a fuxicar sobre o Paul. Rapidamente medi altura, corpo bla bla bla. OK, amo o Ian e nunca duvidei disso kkk. A Torrey me segurou pela mão e me abraçou antes da foto mas quando eu ia me ajeitar ao lado dela a foto já havia sido feita e tudo o que me lembro foi dela dizendo que eu era tão magra quanto ela [sim, ela é tão magra quanto eu, os braços dela na minha cintura deram voltas assim como os meus braços na cintura dela. Parecia que dois polvos estavam se abraçando lol]. Enfim pude soltar o ar preso nos pulmões e adivinhem  quem me esperava sorrindo sedutoramente? O Matt Davis! Gente... não posso comentar mais nada então vamos ao Nate. Por algum motivo ele só era fotografado pelo lado direito. Ele estendeu as duas mãos para pegar as minhas, perguntou se minha garganta estava boa e então ele me abraçou tãoooooooooooo forte que na foto eu fiquei espremida contra o rosto dele, meu pescoço sumiu na foto. Ele agradeceu, fez carinho na minha mão antes de me liberar para ir embora encontrar com as meninas do meu grupo. Foi surreal. Ao final do evento, Rita, Duda e eu nos despedimos  de Paulinha e as três mocinhas do amor se reuniram com um grupo muito incrível – as amigas de Rita – e fomos comer na primeira McDonald antes de irmos para o metrô rumo ao hotel Fasano. Sim caros clubers, as meninas queriam espera-los na porta do hotel para ver se conseguia uma foto a mais e podem ter certeza, a primeira noite na porta do Fasano foi perfeita. Nada melhor do que estar com amigos fazendo bobagem. Tiramos fotos nossas e claro, o nosso mais novo e adorado galã em busca de uma namorada brasileira apareceu dando autógrafos e tirando fotos com os fãs. Valeu Nate!
Na próxima atualização do Eu Não Sou Baú vou contar do Skype surpresa do Ian que está em Londres, do Nate tirando a roupa no palco só para atrapalhar o amigo Ian durante a videoconferência, os painéis duo, o Nate beijando uma fã na boca, o Nate pregando o evangelho, o Matt surpreso com o ataque de fofura, amor e devoção da Paulinha, a campanha do Nate e claroooooo as fofocas de bastidores. 

Deem uma olhada:

Back
to top