sábado, 28 de julho de 2012

[RESENHA] Minha Vida Fora de Série 1º Temporada


Livro: Minha Vida Fora de Série 1ª Temporada.
Autora: Paula Pimenta
Editora: Gutemberg
Páginas: 405

Resumo:
Mudar de cidade sempre é difícil, mas fazer isso na adolescência é algo que deveria ser proibido. Como começar de novo em um lugar onde todos já se conhecem, onde os grupos já estão formados, onde ninguém sabe quem você é? A princípio, Priscila não gosta da ideia, mas aos poucos percebe que pode usar isso a seu favor, tendo a chance de ser alguém diferente. Mas será que o papel escolhido é aquele que ela realmente quer representar? Aos poucos, Priscila percebe que o que importa não é o lugar e sim as pessoas que vivem nele. E que, além da nova cidade, há algo mais importante a se conhecer: ela mesma. Quem gosta da coleção “Fazendo meu filme” não pode perder o livro de estreia dessa nova série de Paula Pimenta. Situado no mesmo universo ficcional, temos a oportunidade de acompanhar alguns dos nossos já adorados personagens, três anos antes da história de "Fazendo meu filme” começar. Não perca a 1ª temporada da vida fora de série de Priscila!

Resenha:
Bem, primeiramente, vou logo dizendo que sou fã da Paula Pimenta! Então, eu esperava muito desse livro, e realmente ele não me decepcionou. Foi muito mais que o esperado. Várias pessoas já tinham me recomendado ele, então fui com tudo.
Minha vida fora de série é um Spin-Off de Fazendo meu Filme, primeira série da Paula Pimenta. O livro fala sobre a Priscila, que com 13 anos teve que se mudar para Belo Horizonte, por conta da separação dos seus pais, que foi uma separação e tanta. Separaram literalmente tudo! Priscila ficou com a mãe, e seu pai com seu irmão, e metade de seus bichinhos de estimação. A protagonista é uma grande “fã” de animais e tem um furão, um hamster, dois cachorros, uma gata e um papagaio.
Como toda adaptação é difícil, para Priscila não foi diferente. A garota sente falta de sua antiga vida, porém sua mãe bate o pé e diz que ela tem que se acostumar com aquilo. Como, no começo do livro é retratado, na época das férias, Priscila logo se enturma com as amigas de sua prima Mariana, e passa a ir todos os dias para o Clube da cidade.  Em minha vida fora se série, conhecemos de onde brotaram algumas amizades da série Fazendo meu filme. A Nathália conheceu a Priscila no clube, o Leo conheceu ela no Colégio, a Fani conheceu ela numa festa, e a Pri conheceu o Rodrigo também no colégio, que já era amigo do Leo. Achei bem interessante a Paula, retratar o começo das amizades dos personagens e até quando o Leo dá uma olhada na Fani.

“Eu acho que li isso na internet”, ele respondeu. “Mas resolvi me apropriar, pois eu realmente sinto falta daquela menina que eu sei que está em alguma parte do mundo me esperando...”                                                   - Leo – Pág: 161.

 A Priscila é uma personagem muito “envolvente”, você não irá conseguir parar de ler o livro. A forma como ela conta seu dia-a-dia é contagiante e muito engraçada. Muitas risadas serão arrancadas de você, em muitas partes tive vontade de jogar o livro longe por raiva de alguns personagens, e também, típico de livros me fazer chorar. Algumas frases marcam bastante o livro, e o meu exemplar ficou cheio de papeizinhos marcando as páginas. Sem contar que a Priscila se tornou fã de seriados de TV, por conta de um presente de aniversário. Em cada novo capítulo do livro, o mesmo é marcado por trechos de várias séries de TV, como, Glimore Girls, Smallville, My so called life... E depois desse livro eu realmente fiquei com vontade de acompanhar as séries.
Em sua turnê de lançamento a Paula Pimenta, mencionou que pretende dar continuidade a série em mais três temporadas, tendo a primeira sido lançada em 2011. O livro é muito recomendado tanto para a área juvenil como para os mais velhos.


Feito por Lucyanna Melo
Back
to top