segunda-feira, 19 de setembro de 2016

[SERIEMANIA] FALANDO SOBRE STRANGER THINGS


Olá leitores,

Quem já ouviu falar da série Stranger Things, levanta a mão! o//

Bem, com certeza boa parte dos leitores já assistiram e podemos contar também aqueles que só ouviram falar mas não assistiram e os que nem sabiam da existência dessa série.



Estreou em Julho na Netflix, e desde então se tornou febre, com vários gifs circulando na rede.

Devo admitir que não tinha nenhum interesse de assistir, não foi amor a primeira vista e continuei na mesmice de sempre, assistindo as minhas séries sagradas de todo dia.

Até que um belo dia, de tanto as pessoas falarem e com um pouco de pé atrás, resolvi dar uma chance para o diferente, pois o estilo da série não é muito a minha praia.

Logo no primeiro episódio, fiquei com os olhos arregalados e cheia de perguntas do tipo: COMO ASSIM??? O QUE ACONTECEU??? PRA ONDE ELE FOI??? QUEM É ESSE??? Etc.

Não consegui para de assistir até ter informações obvias e construtivas. Pois não fazia sentido.

A temporada só tem 8 episódios e foram os 8 episódios mais incríveis de minha vida. Não to exagerando gente. Pois não sou acostumada a assistir séries do gênero, então Stranger Things foi e é a minha série predileta de toda a minha vida.

Vou descrever um pouco o que aguarda vocês, para aqueles que ainda não assistiram. E para os que assistiram e amaram, rumo a 2º temporada o//

Stranger Things é ambientada nos anos 80 e além disso é cheia de referencias da época, o que deixa a série mais construtiva e interessante do que já é.

É composta por um grupo de atores que dão banho de interpretação. Os adultos que já tem referência Winona Ryder (Joyce Byers) e David Harbour (Delegado Jim Hopper) e as crianças Finn Wolfhard (Mike Wheeler), Gaten Matarazzo (Dustin Henderson), Caleb McLaughlin (Lucas Sinclair), Noah Schnapp (Will Byers) e Millie Bobby Brown (Onze).




Uma das coisas mais legais da série foi ver os garotos jogando RPG, para quem gosta de jogar ou entende mais ou menos como funciona, vai se surpreender com a cena.

Após esta noite de jogo, os amigos se despedem e cada um segue seu rumo para a casa. Will por sua vez é surpreendido e os telespectadores também por algo nada convencional. É ai que tudo começa, o terror, as perguntas, as dúvidas.

A cidade e principalmente o Delegado Jim Hopper, se move para encontrar o Will. O mais incrível é que o delegado não faz só o seu trabalho. Ele vai mais além, ele investiga, ele vai atrás. Se envolve literalmente para salvar e resgatar Will ainda com vida.




Neste meio termo os amigos do Will, também estão fazendo sua parte de encontra-lo e ainda por cima contam com a ajuda de uma forte aliada chamada Onze. Onde a muitos mistérios envolta desta garota.

A mãe de Will Joyce Byers, me surpreendeu muito, pois ela tem uma cabeça totalmente voltada para outra coisa, que não posso falar se não estraga, onde todos acham que ela está enlouquecendo. Mas tem todo o sentido, para o desfecho da temporada.




Tirando todo o peso de suspense e euforia para encontrar Will, me divertir do inicio ao fim com o quarteto de amigos. Cada um com sua personalidade, Mike é o que elabora os planos, e é o mais sério e centrado, Lucas ele é corajoso, verdadeiro e carismático, Dustin é viciado em quadrinhos e adora comer, pensa com clareza, o que faz toda a diferença para o grupo, uma fofura de pessoa e a Onze é a esperança deles.



A temporada toda é composta por suspenses, alguns sustinhos bem fracos e tiradas inteligentes. Podem assistir sem medo, que não tem nada daqueles terror que vocês estão acostumados.

Não me arrependo de ter assistido, valeu muito apena. O final fiquei bastante preocupada, no sentido de MEU DEUS!

Então a segunda temporada vem com tudo. Super recomendo para aqueles que não assistiram, irem agora assistir, pois, não vão se arrepender.

Até a próxima!
Back
to top