quarta-feira, 28 de setembro de 2016

[CRÍTICA] O BEBÊ DE BRIDGET JONES

O Bebê de Bridget Jones
Lançamento: 29/09/2016
Elenco: Renée Zellweger, Patrick Dempsey, Colin Firth, Emma Thompson, Jim Broadbent
Diretor: Sharon Maguire
Distribuidora: Universal Pictures
Nota:
Crítico: Tamires Bourbon


E Bridget voltou! Com 43 anos, solteira (novamente), sem filhos, um excelente trabalho e, finalmente, com o peso que sempre quis. Após dez anos de idas e vindas, Bridget e Darcy se separaram, ele casou novamente e ela acabou solteira. Com todos seus amigos casados e com filhos ela começa a se sentir um tanto deslocada, e junto com uma amiga trintona, e meio louca, resolve aproveitar um pouco da vida e é quando se encontra numa rave que ela conhece um lindo americano e acaba tendo uma aventura de uma noite. 





Porém as loucuras e atrapalhadas vivem surgindo em seu caminho e no batizado de seu mais novo afilhado que ela reencontra um antigo amor.. Darcy. Agora ele está se divorciando e uma coisa acaba levando a outra e eles acabam ficando juntos. Como nada da vida de nossa protagonista é simples, após um tempo ela acaba descobrindo que as camisinhas que usou estavam fora da validade e agora ela se encontra grávida e sem saber quem é o pai.




Trapalhadas, boas risadas e fortes emoções já fazem parte da trama de Bridget e esse filme consegue dar um desfecho a trama e ainda deixar um gostinho de quero mais. Após doze anos desde o lançamento do último filme aqui no Brasil é uma boa notícia ter a querida Renée Zellweger de volta aos cinemas como Bridget Jones, isso sem falar em rever o Colin Firth como Darcy (simplesmente não há ninguém que seja um melhor Darcy, nem como o original da Jane Austen, nem como o inspirado). Toda a trama nos proporciona algum tipo de emoção, até mesmo um funeral pode te fazer rir quando temos a Bridget no meio, e admito que cheguei a torcer pelo Daniel (fala sério... é o McDreamy de Grey’s Anatomy).




Agora vamos à coisa séria... Graças ao meu bom Deus que o filme não foi inspirado no terceiro livro Helen Fielding (que leu irá saber por que kkkkk). Um excelente filme para curtir no fim de semana! E se você ainda não conhece a trama de Bridget Jones tem que conhecer com urgência.
 
Veja o trailer:

Back
to top