quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

ENTÃO EU ASSISTI... "DEADPOOL"

Deadpool
Lançamento:  11/02/2016
Elenco: Ryan Reynolds, Morena Baccarin, Ed Skrein, Gina Carano
Diretor: Tim Miller
Distribuidora: Fox Filmes
Nota★★★★★ 

Antes de qualquer coisa tenho que dizer que os fãs do Deadpool não se decepcionarão, desta vez, com a interpretação do Ryan Reynolds no papel do anti-herói mais psicótico da Marvel. Sou traumatizada com as últimas tentativas do ator ao interpretar um herói (a tentativa horrorosa do Arma X, não chamo aquilo de Deadpool nem a pau, e do Lanterna Verde) e dessa vez dou meu braço a torcer. ;)

O ex-militar e mercenário, Wade Wilson (Ryan Reynolds) tinha uma boa vida... Seu trabalho era bom, estava longe de morrer e de perder a dead pool (aposta da morte, onde os mercenários apostavam em quem seria o próximo a morrer) e estava apaixonado por Vanessa, que tinha acabado de aceitar se casar com ele. Essa seria "quase" uma história de amor se não fosse ele ser diagnosticado com câncer em estado terminal, porém encontra uma possibilidade de cura em uma experiência científica. No início ele recusa a oferta, mas quando a doença vai piorando ele vê na essa experiência sendo a sua última chance. Lá chegando Wade descobre que tortura é a palavra chave dessa "experiência" e Ajax seu principal carrasco. 

Wade se recupera e consegue poderes mutantes, mas isso não vem sem preço. Toda sua pela fica deformada e isso o impede de voltar a sua vida regular, tendo sempre que esconder o rosto (como diz o amigo de Wade "... é como um abacate muito feio que acabou transando com um abacate mais feio ainda"...). Desde então Wade assume o pseudônimo de Deadpool e vai em busca de Ajax (Francis) para tentar consertar isso... e no processo causar muita dor e mortes..


Deadpool foge totalmente dos padrões de filme de super-heróis da Marvel, ele na verdade está longe de ser o mocinho da história (é como na abertura do filme quando ele fala que é "mais um filme de super-herói", com "mais um vilão com sotaque britânico", "mais uma garota gostosa", e por ai vai.), ele satírico, mal educado, boca suja, sem noção e sem filtro nenhum.. Não é a toa que ele ganhou a alcunha de Mercenário Tagarela.  Então agora você deve estar se perguntando o porquê de assistir esse filme, não é? Veja, o filme pode até ser só isso mesmo, em questão de enredo não tem muita coisa além do tradicional ("herói que salva mocinha do cara mal"), mas se você conhece só um pouco desse personagem vai gostar de saber que, assim como nos quadrinhos, o Deadpool do filme ultrapassa a quarta barreira (ou seja, ele se comunica com o telespectador) e isso é muito legal... Só assistindo saberão..kkkk  Se preparem para rir, humor é o que não falta, e é sim o grande forte desse filme. 


Piadas politicamente incorretas, piadas ruins, piadas boas, piadas de chorar de rir, balas em "locais obscuros", o filme tem tudo isso e muito mais! O Dead (meu apelido carinhoso S2) tira sarro de tudo e todos, inclusive dele mesmo, da própria distribuidora, de outros personagens do universo, referência é o que não falta! O Capitão América, tadinho, ia sofrer para entender todas aquelas referências XD (piada ruim aqui).  Não é a toa que a mídia diz que a Fox irá gastar uma boa grana com os processos que virão..kkkk Esse é o tipo de filme que você terá que assistir mais de uma vez para poder captar todas as referências.


Outra coisa bacana é que no filme ele tem ajuda de dois X-Men (ele chega até a tirar onda de só ter dois mutantes numa enorme mansão, chegando a falar que a Fox não tinha orçamento para contratar mais mutantes..kkkk), e tem muita ação, zueira e sangue envolvidos (cheguei a pensar que era um filme do Tarantino de tanto sangue que tinha..kk ). As lutas são tão boas que você consegue ver todos os detalhes, até os mais sórdidos, em câmera lenta, literalmente.


Outro ponto que achei muito legal, não do filme em si, foi toda a dedicação do Ryan durante a promoção do filme. A galera do Marketing tá de parabéns, esse era o meu filme mais esperado do ANO! Outra coisa, Melhor cena pós-creditos de sempre! Zueira sem limites!!! E sim, já me perguntaram várias vezes, o Stan Lee aparece. Sucesso garantido né não?!


Confira o Trailer:


Back
to top