quarta-feira, 23 de setembro de 2015

[RESENHA] A VOZ DO ARQUEIRO

Livro: A Voz do Arqueiro
Série: Signos do Amor #01
Autora: Mia Sheridan
Editora: Arqueiro

Resumo:
Cada livro da coleção Signos do Amor é inspirado nas características de um signo do Zodíaco. Baseado na mitologia de Sagitário, A voz do arqueiro é uma história sobre o poder transformador do amor.Bree Prescott quer deixar para trás seu passado de sofrimentos e precisa de um lugar para recomeçar. Quando chega à pequena Pelion, no estado do Maine, ela se encanta pela cidade e decide ficar.
Logo seu caminho se cruza com o de Archer Hale, um rapaz mudo, de olhos profundos e músculos bem definidos, que se esconde atrás de uma aparência selvagem e parece invisível para todos do lugar. Intrigada pelo jovem, Bree se empenha em romper seu mundo de silêncio para descobrir quem ele é e que mistérios esconde.
Alternando o ponto de vista dos dois personagens, Mia Sheridan fala de um amor que incendeia e transforma vidas. De um lado, a história de uma
mulher presa à lembrança de uma noite terrível. Do outro, a trajetória de
um homem que convive silenciosamente com uma ferida profunda.
Archer pode ser a chave para a libertação de Bree e ela, a mulher que o ajudará a encontrar a própria voz. Juntos, os dois lutam para esquecer as marcas da violência e compreender muito mais do que as palavras poderiam expressar.

Resenha:
Acher Hale tem um grande segredo, mas não tem como falar. Aos sete anos ele sofreu um acidente e sua mãe, pai e tio acabaram mortos, como consequência desse fatídico dia Acher acabou sem voz. Acabou sendo criado pelo seu outro tio, que acredito sofria de estresse pós-traumático, que era considerado um tanto excêntrico. 
Archer foi educado em casa e só começou a sair da propriedade após a morte do seu tio, e unicamente para comprar suprimentos e é numa dessas vezes que ele esbarra em Bree. 
A seis meses Bree sofreu um forte atentado que acabou levando o seu pai, para fugir de tudo ela empacota suas coisas, pega sua pequena cachorra e parte para uma pequena cidade a beira lago. Logo de cara ela esbarra com um misterioso homem, que apesar da aparência um tanto desleixada aparenta ser deslumbrante. Aos poucos ela vai descobrindo os segredos da cidade e a identidade do misterioso homem. Apesar de todos pensarem que ele é algum tipo de doente ela descobre que na verdade ele é mudo, e como seu pai era surdo ela conhece a comunicação de sinais e se torna a única a "conversar" com ele.
O que no inicio era uma amizade aos pouco vai se transformando e um forte sentimento surge entre Bree e Archer, mas será que eles serão forte para enfrentar todos os desafios que estão por vir? O que será que aconteceu de verdade com Archer?
Eu simplesmente me apaixonei por esse livro, o Archer é lindo, sensível, determinado, guerreiro e apesar da vida que teve ele continuou sendo um homem bom e honrado. A Bree também é uma excelente mocinha, ela forte e batalhadora. Sofreu muito,e ainda sofre, com a morte do pai porém não se deixou abater (pelo menos não por tanto tempo). O que eu achei mais legal nessa história é que o papel de frágil e indefeso é do Archer, ele é o inocente, virgem e sem experiência.
O desfecho da trama é emocionante e dá um gostinho de quero mais.
A série apenas começou e a Mia Sheridan já está me deixando viciada..kkk... Estou louca para ler o próximo livro.
Super recomendo *-*
Back
to top