sexta-feira, 12 de junho de 2015

[RESENHA] MAR DE TRANQUILIDADE

Livro: Mar de Tranquilidade
Autora: Katja Millay
Editora: Arqueiro

Resumo:

Nastya Kashnikov foi privada daquilo que mais amava e perdeu sua voz e a própria identidade. Agora, dois anos e meio depois, ela se muda para outra cidade, determinada a manter seu passado em segredo e a não deixar ninguém se aproximar. Mas seus planos vão por água abaixo quando encontra um garoto que parece tão antissocial quanto ela. É como se Josh Bennett tivesse um campo de força ao seu redor. Ninguém se aproxima dele, e isso faz com que Nastya fique intrigada, inexplicavelmente atraída por ele.
A história de Josh não é segredo para ninguém. Todas as pessoas que ele amou foram arrancadas prematuramente de sua vida. Agora, aos 17 anos, não restou ninguém. Quando o seu nome é sinônimo de morte, é natural que todos o deixem em paz. Todos menos seu melhor amigo e Nastya, que aos poucos vai se introduzindo em todos os aspectos de sua vida.
À medida que a inegável atração entre os dois fica mais forte, Josh começa a questionar se algum dia descobrirá os segredos que Nastya esconde – ou se é isso mesmo que ele quer.
Eleito um dos melhores livros de 2013 pelo School Library Journal, Mar da Tranquilidade é uma história rica e intensa, construída de forma magistral. Seus personagens parecem saltar do papel e, assim como na vida, ninguém é o que aparenta à primeira vista. Um livro bonito e poético sobre companheirismo, amizade e o milagre das segundas chances.



Resenha:
Nastya tem um segredo, algo aterrorizante aconteceu com ela e como consequência ela não pode fazer o que mais amava e ela não fala. Não é que ela não possa falar, ela e escolheu não falar. As aulas estão prestes a começar e como sempre é uma tortura, agora a única coisa que ela pode pedir é que ninguém a reconheça e para isso ela se veste como uma tremenda vadia. Tudo o que ela quer é solidão, e é quando ela está passando por um patio lotado de estudantes que ela o vê, ele está sozinho numa mesa e ninguém nem chega perto, ela até poderia pensar que ele é um fantasma mas como não há ninguém na mesa essa opção logo acaba. Ela gostaria de saber o que é necessário para se tornar invisível no meio da multidão.
Josh perdeu a todos que já amou, sua mãe, irmã, pai, avó morreram e seu avô está muito doente e prestes a morrer. De alguma forma, após tantas tragédias na sua vida, as pessoas simplesmentes não chegam mais perto, acreditam que ele é amaldiçoado ou algo do tipo e por isso sempre o deixam só. Então ele a vê cruzando o pátio, ela é diferente de tudo o que ele já viu e apesar de toda aquela maquiagem e as roupas super reveladoras ele consegue ver  a beleza por trás disso. 
Quando um dia Nastya aparece na garagem de Josh no meio da noite sem maquiagem e com roupas de corridas ele não sabe o que fazer. Ela simplesmente aparece lá e fica vendo o que ele faz. Um dia vira uma semana, um mês e quando se vê ambos acabam entrando numa rotina. 
Não é de surpreender que houvesse uma forte atração entre o casal, mas nenhum dos dois quer dar o próximo passo. Eles são complexos e confusos demais. Há muitas perguntas sem respostas. Será que eles serão capazes de deixar o passado no passado para poder ter algum tipo de esperança para o futuro???
Esse livro é lindo, eu confesso que quando soube do livro não tive muita vontade de ler. Daí li algumas resenhas e fiquei muito curiosa. O que me fez começar o livro foi o mistério por trás do silêncio de Nastya, a minha curiosidade de saber o que aconteceu de tão grave para fazê-la se calar de forma tão radical??? Então a história foi ganhando conteúdo, eu fui me encantando pela narrativa e aos poucos fiquei totalmente apaixonada pelo casal. Esse livro é um Young Adult muito mais profundo do que a maioria, conseguimos ver que apesar de toda a dor, raiva, amargura e confusão esse casal espera ter uma possibilidade de segunda chance. 
Me emocionei, tive raiva, eu ri e chorei com esse livro, a autora conseguiu deixar uma história super carregada de uma forma que não fique muito pesada a leitura. 
Eu amei esse livro e  super recomendo a todos.

Back
to top