domingo, 14 de dezembro de 2014

[LANÇAMENTOS] MÊS DE DEZEMBRO - EDITORA ROCCO

Vou Te Contar

20 Histórias ao Som de Tom Jobim
Celina Portocarrero

“Em Vou te contar – 20 histórias ao som de Tom Jobim”, um time de 20 escritores de todas as partes do Brasil homenageia o autor de Wave e outros clássicos da música brasileira com histórias inspiradas em suas canções, 20 anos após sua morte. De nomes conhecidos a estreantes, cada autor escolheu uma música entre as 36 de autoria exclusiva de Antônio Carlos Jobim e deixou sua imaginação falar de amor, beleza, dor ou saudade, a partir de composições como “Bebel” (André de Leones), “Luiza” (Lúcia Bettencourt), “As praias desertas” (Marcelo Moutinho), “Fotografia” (Carlos Henrique Schroeder), “Cai a tarde” (Silviano Santiago), “Ligia” (Mirna Portella), “Águas de março” (Vinicius Jatobá) e “Falando de amor” (Menalton Braff), entre outras. Um tributo emocionante e original a um dos maiores gênios da música brasileira.



Brasil em movimento
Reflexões a partir dos protestos de junho
Maria Borba...

Reunindo textos, entrevistas e trabalhos artísticos de personalidades de diferentes áreas, como Vladimir Palmeira, Gilberto Gil, Cildo Meireles, Daniel Aarão Reis, Jorge Mautner, Ernesto Neto, Carlos Lessa e Davi Kopenawa, entre outros, Brasil em movimento oferece uma análise plural acerca das manifestações que se espalharam pelo Brasil de junho a dezembro de 2013. Mais do que refletir sobre os protestos, o livro convida a uma reflexão mais ampla sobre a sociedade brasileira a partir desses movimentos, que surpreenderam tanto pela força das vozes insatisfeitas quanto pela violência da repressão, pelas manchetes da grande mídia e pelas coberturas informais difundidas pela internet, deixando como certeza apenas a constatação de que novos movimentos não podem ser reduzidos a velhas ideologias.


Ronda da noite
Patrick Modiano

Responsável por trazer para o Brasil, na década de 1980, a obra do francês Patrick Modiano, a Rocco volta a oferecer ao leitor brasileiro três dos mais emblemáticos romances do ganhador do Prêmio Nobel de Literatura 2014, que voltam às prateleiras em nova e sofisticada edição. Inspirado na história real de dois colaboracionistas, Henri Lafont e Pierre Bonny, Ronda da noite acompanha a arriscada trajetória de um narrador-protagonista que trabalha simultaneamente para a Resistência e a Gestapo, na sombria Paris ocupada pelos nazistas, e coloca uma questão crucial: como se tornar traidor, como não ser? A nova edição traz posfácio assinado pelo escritor Flávio Izhaki.


Uma rua de Roma
Patrick Modiano

Responsável por trazer para o Brasil, na década de 1980, a obra do francês Patrick Modiano, a Rocco volta a oferecer ao leitor brasileiro três dos mais emblemáticos romances do ganhador do Prêmio Nobel de Literatura 2014, que voltam às prateleiras em nova e sofisticada edição. Ganhador do Grande Prêmio de Romance da Academia Francesa e do Goncourt, o mais importante prêmio literário de língua francesa, Uma rua de Roma conta a história de Guy Roland, um detetive particular que sofre de amnésia. Na tentativa de elucidar o segredo de sua identidade, ele sai em busca de pessoas que possam lhe oferecer pistas acerca de seu passado e das circunstâncias que causaram seu problema, atuando como uma espécie de detetive de si mesmo. O resultado é uma narrativa labiríntica, na qual está em jogo o valor da memória e do indivíduo. A nova edição traz posfácio assinado pelo escritor Bernardo Ajzenberg.


Dora Bruder
Patrick Modiano

Responsável por trazer para o Brasil, na década de 1980, a obra do francês Patrick Modiano, a Rocco volta a oferecer ao leitor brasileiro três dos mais emblemáticos romances do ganhador do Prêmio Nobel de Literatura 2014, que voltam às prateleiras em nova e sofisticada edição. Em Dora Bruder, a investigação do destino de uma menina desaparecida se expande e se confunde com uma reflexão acerca do passado de todos aqueles que viveram o dilacerante período da Ocupação nazista da França, tema recorrente na obra de Modiano. O livro é resultado de uma pesquisa realizada pelo autor após se deparar com um anúncio de um jornal parisiense datado de 31 de dezembro de 1941 em que os pais da jovem Dora Bruder solicitavam notícias da filha de apenas 15 anos desaparecida. A nova edição traz posfácio assinado pelo escritor André de Leones.
Back
to top