segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

[RESENHA] UM PERFEITO CAVALHEIRO

Livro: Um Perfeito Cavalheiro
Série: Os Bridgertons - Livro 3
Autora: Julia Quinn
Editora: Arqueiro

Resumo: Sophie sempre quis ir a um evento da sociedade londrina. Mas esse é um sonho impossível. Apesar de ser filha de um conde, é fruto de uma relação ilegítima e foi relegada ao papel de criada pela madrasta assim que o pai morreu. Uma noite, ela consegue entrar às escondidas no baile de máscaras de Lady Bridgerton. Lá, conhce o charmoso Benedict, filho da anfitriã, e se sente parte da realeza. No mesmo instante, uma faísca se acende entre eles. Infelizmente, o encantamento tem hora para acabar. À meia-noite, Sophie tem que sair correndo da festa e não revela sua identidade a Benedict. No dia seguinte, enquanto ele procura sua dama misteriosa por toda a cidade, Sophie é expulsa de casa pela madrasta e precisa deixar Londres. O destino faz com que os dois só se reencontrem três anos depois, Benedict a salva das garras de um bêbado violento, mas, para decepção de Sophie, não a reconhece nos trajes de criada. No entanto, logo se apaixona por ela de novo. Como é inaceitável que um homem de sua posição se case com uma serviçal, ele lhe propõe que seja sua amante, o que para Sophie é inconcebível. Agora os dois precisarão lutar contra o que sentem um pelo outro ou reconsiderar as próprias crenças para terem a chance de viver um amor de conto de fadas. Nesta deliciosa releitura de Cinderela, Julia Quinn comprova mais uma vez seu talento como escritora romântica.

Resenha:
Nesse terceiro livro a Julia nos apresenta ao Benedict Bridgerton, o segundo filho dessa maravilhosa e encantadora família, e a Sophie, a nossa cinderela.
Bennedict sempre foi o número dois, ou mais um dos Bridgertons. Ninguém nunca parou para realmente conhece-lo, saber o que ele gosta e o que não gosta. Ele sabe que deve se casar, e sua mãe não o deixa jamais esquecer isso, porém ele não consegue achar "aquela" a quem ele almeja ficar o resto da vida junto... Seus pais tiveram um casamento por amor e seus irmãos também e é isso que ele quer. 
No baile anual de máscaras ele conhece uma linda donzela a quem o coração dele bate mais rápido, e embora a máscara impeça que ele a veja ele sabe no fundo de seu coração que ela é a mulher que ele sempre procurou...
Porém quando o relógio soa as doze badaladas, a dama misteriosa foge do baile e de sua vida, sendo uma luva a única coisa que resta dela... 
Sophie sempre soube que era um filha bastarda, mas era bem tratada e nenhum criado jamais disse uma palavra sobre sua situação... Porém quando o "pai" dela resolve se casar todos os planos de um futuro feliz se esvai quando ela conhece sua "madrasta" e suas filhas... Apesar de sofrer maus tratos ela ainda tem uma vida aceitável, porém isso também se esvai quando seu pai morre, e ela tem que ficar com a sua madrasta até completar 20 anos, só que sua madrasta a transforma em criada e como não tem mais nenhum lugar para onde ir, ou dinheiro, ela aceita calada.
O sonho de Sophie sempre foi ver o baile que ela tanto ler nas colunas de Lady Whistledown (sim... ela está de volta com a língua mais afiada do que nunca..kkkkk) e a oportunidade surge quando entra escondida, e fingindo ser uma dama da sociedade, no baile de máscaras anual de Lady Bridgerton Tudo é como ela sonhara e até mesmo surge um "príncipe encantado" por quem ela se encanta profundamente... Bennedict é tudo o que ela sonhou num homem e muito mais.. Porém quando o relógio dá meia-noite Sophie foge do baile e o conto de fadas acaba, ela sabe que jamais irá ver novamente Bennedict e que algo entre eles nunca poderá acontecer... ela é uma simples arrumadeira e ele um verdadeiro príncipe encantado.
Anos se passam e o destino faz Sophie e Bennedict cruzarem o caminho, um do outro, novamente. Dessa vez ela é uma arrumadeira na casa onde ele estava hospedado e após um desentendimento ele a salva de uma grande enrascada, porém, apesar de achá-la muito atraente e sentir uma forte atração por ela, ele não a reconhece. E apesar de se sentir fortemente atraído pela arrumadeira Sophie seu coração ainda pertence a dama misteriosa... 
A história é muito linda... e não há como negar que é uma readaptação do conto da Cinderela (com direito a madrasta malvada e meias irmãs um tanto cruéis...) Eu sou fã da Julia Quinn e sou meio suspeita para falar.kkkk.. mas adooooooooooro essa família e sempre recomendo a todos que gostam de romances históricos.
Bennedict é um sonho e a Sophie é meio bobinha e inocente mas muito guerreira... Eles foram um casal maravilhoso!!!
Eu também não posso deixar de citar a Lady Whistledown e sua coluna de fofocas que é simplesmente a cereja do bolo dos livros dessa série... adoro ler o que ela escreve e morro de rir com suas observações sarcásticas e comentários ácido!!!
Já estou super ansiosa pelo próximo livro dessa série... (como já li todos em inglês posso dizer que é o meu favorito!!!)
Super recomendo *****

Leita os primeiros livros dessa série:
Back
to top