sábado, 19 de outubro de 2013

[RESENHA] IRMANDADE DA ADAGA NEGRA - AMANTE MEU

Livro: Amante Meu
Série: Irmandade da Adaga Negra, Livro 8
Autora: J. R. Ward
Editora: Universo dos Livros


Sinopse:
Nas sombras da noite de Caldwell, Nova York, desenvolve-se uma furiosa guerra entre os vampiros e os seus assassinos. Há uma Irmandade secreta, sem igual, formada por seis guerreiros vampiros, defensores de sua raça. Enquanto eles defendem a raça dos redutores, a lealdade de um vampiro especial será posta a prova - e sua perigosa natureza será revelada... John Matthew já percorreu um longo caminho desde que foi encontrado vivendo entre os humanos, mas de natureza vampira desconhecida. Recolhido pela Irmandade, ninguém poderia adivinhar qual é sua verdadeira história ou sua real identidade. A bela Xhex lutou contra a atração que sentia por John, mas o destino provou aos dois que o amor é inevitável.


ATENÇÃO, LEIA OS OUTROS LIVROS PRIMEIROS!!!!!!!


Resenha:
Esse foi um dos livros mais esperados por todos tenho certeza! Depois do final de Amante vingado não poderia ser diferente! John ainda não é um irmão, mas para quem já leu os livros e as entrevistas da Ward sabe que ele é sim a reencarnação do Darius, o pai da Beth, um dia ele chega lá ;D. Mas mesmo ele não sendo um irmão eu conheço muita mina que é louca por esse mudinho, e ele é um fofo, todas sabemos. Nós temos acompanhado a história do John desde o livro do Rhage, quando ele conhece a Bella e a Mary, vai morar com o Thor e ganha uma família, perdendo a mesma no livro do Z, e mesmo que tenha sido bem recebido na mansão dos irmãos, todos nós sabemos que não é a mesma coisa. E o livro do Rehv foi bastante duro para esse menino homem. Teve a volta do Thor, e o desaparecimento da Xhex, quem mesmo tendo dado um fora nele, a vida de um macho vampiro não é fácil. Mesmo eles não querendo o “minha” é para sempre! Passei o começo do livro triste com o que acontecia com ele, e, pela primeira vez, percebemos realmente que o livro não é de uma pessoa só, mas dos dois. Embora todos os livros anteriores tenham contado a história de ambos do casal, nós sempre percebemos que a história estava mais voltada para o irmão, e nesse livro a Xhex é bastante dominante. A história de ambos é triste e o presente também, principalmente por
causa do nojento do Lash (como o John mesmo falou uma vez: Chicote! Quem se chama Chicote!). Odeio esse verme! Chego fico arrepiada! Eu admiro a Xhex, ela é uma verdadeira guerreira, e ouvi muito as pessoas falando que ela mudou nesse livro, que ficou florzinha e blábláblá, mas não vejo assim. Na minha cabeça ela já era assim, mas ela usava uma máscara para o mundo, pois o mesmo havia sido muito cruel com ela. Os Sombras e o Rehv nem se alteraram com a mudança de comportamento dela, pois no fundo já sabiam, acho que só ficou mais evidente por causa do seu trauma recente e do seu relacionamento conturbado com o John. Ai gente o final foi tão lindo, eu me emocionei, e ah sim, num é que descobrimos que a mãe de mais alguém também vivia no outro lado??? Quero saber o que mais a Virgem Escriba esconde por debaixo de suas mangas, dois filhos, uma reencarnação, uma mulher que está “No Meio”.... enfim, muitas aguas rolaram nos próximos livros, e vou parar por aqui para não contar o livro inteiro para vocês kkkkkkkkk. Esse livro é apaixonante, só tenho mais isso a dizer.
Bjussssssss e até a próxima! 
Por Rayssa Morais

Outros livros da IAN: 
Amante Sombrio 
Amante Eterno
Amante Desperto
Amante Revelado
Amante Liberto
Amante Consagrado
Amante Vingado
Back
to top