quinta-feira, 18 de julho de 2013

[RESENHA] A Falsa Princesa

Livro: A Falsa Princesa
Autor(a): Eilis O'Neal
Editora: Farol Literário

Sinopse: Princesa e herdeira do trono de Thorvaldor, Nalia leva uma vida privilegiada na Corte. Mas, logo após seu aniversário de dezesseis anos, ela descobre que é uma falsa princesa e que foi colocada no lugar da verdadeira para protegê-la. Obrigada a deixar o palácio com pouco mais do que suas roupas, a garota, agora chamada de Sinda, terá de abandonar a cidade, seu melhor amigo, Kiernan, e a única vida que ela conhecia. Enviada para viver com a tia no interior, Sinda não se mostra capaz de executar nem a mais simples tarefa. Mas, para sua surpresa, ela descobre que uma intensa e perigosa magia corre por suas veias, e que ela jamais será apenas uma humilde camponesa. Sinda retorna à cidade em busca de respostas. Reencontra o garoto que se recusou a abandoná-la e desvenda segredos que podem mudar a história de Thorvaldor para sempre. Com uma trama surpreendente e uma aventura de tirar o fôlego, A falsa princesa é um grande romance de fantasia e uma história que encantará os leitores.


Resenha: 
O livro conta a história de Nalia, princesa e herdeira do trono de Thorvaldor que, no dia de seu décimo sexto aniversario, descobre que durante todo esse tempo, ela na verdade estava no lugar da verdadeira princesa, que estava escondida para ser protegida Ocupara de uma profecia que dizia que ao completar 16 anos, a princesa seria morta. Então, o rei e a rainha decidem trocar a verdadeira princesa por uma simples plebeia. Após descobrir sua verdadeira identidade, Sinda (seu verdadeiro nome) é obrigada a sair do reino para viver com uma tia que ela nunca conheceu e que aparentemente lhe odeia.

O começo do livro é um pouco chato, pois é do tipo que conta muito em poucos capítulos ( um único livro tem historia suficiente para uns 2..) mas aos poucos vamos conhecendo melhor a personagem principal até a aventura realmente começar, com muitas aulas de magia e a clássica paixão platônica de infância

O final do livro é fascinante, apesar de um pouco previsível.

Recomendo a todos que gostem de historias com magia e acontecimentos surpreendentes. 

Resenha por Victoria Bourbon
Back
to top