quarta-feira, 8 de maio de 2013

[RESENHA] AS VIOLETAS DE MARÇO - SARAH JIO

Livro: As Violetas de Março
Autor(a): Sarah Jio
Editora: Novo Conceito

Sinopse: Emily Taylor é uma mulher jovem e escritora de sucesso, mas não gosta muito de seu próprio livro. Também tem um casamento que parece ideal, no entanto ele acabará em divórcio.
Sentindo que sua vida perdeu o propósito, Emily decide fazer as malas e passar um tempo em Bainbridge — a ilha onde morou quando menina — para tentar se reorganizar.
Enquanto busca esquecer o ex-marido e, ao mesmo tempo, arrumar material para um novo — e mais verdadeiro — livro, um antigo colega de escola e o namorado proibido da adolescência tornam-se seus companheiros frequentes.
Entretanto, o melhor parceiro de Emily será um diário da década de 1940, encontrado no fundo de uma gaveta.
Com o diário em mãos, Emily sentirá o estranhamento e a comoção causados pela leitura de uma biografia misteriosa que envolve antigos habitantes da ilha e que tem muito a ver com sua própria história.
Assim como as violetas que desabrocham fora de estação para mostrar que tudo é possível, a vida de Emily Taylor poderá tomar um rumo improvável e cheio de possibilidades.
As Violetas de Março é um romance sobre a força do amor, sobre as peças que o destino prega e sobre como podemos ser felizes mesmo quando tudo parece conspirar contra a felicidade.


Resenha:
Esses tempos eu tenho passado por um período de "ressaca literária" onde não conseguia começar a ler nenhum livo (ou terminar os que tinha começado), então ontem olhei pra minha estante e esse livro estava ali, pedindo para ser lido, então comecei e foi uma das melhores coisas que eu poderia ter feito! O livro é lindo, com uma estória surpreendente, onde a cada passo que a Emily dá você se surpreende junto a ela. A coitada é uma escritora best-seller que está a anos sem conseguir escrever um livro, e ainda por cima acaba de passar por um divórcio, então com um empurrãozinho de sua melhor amiga, e um telefonema de uma tia que a anos não vê, ela acaba parando em Bainbridge, uma ilha onde ela passava os verões em sua infância. Lá ela encontra um misterioso diário onde conta a estória de Esther, e ela se identifica bastante com a personagem. Paralelamente ela tenta descobrir a "sujeira debaixo do tapete" que envolve a sua família, cujo tem um relacionamento muito difícil. Ainda tem o fato de que ela voltou a ser solteira, e está um tanto enferrujada na "arte dos flertes", mas isso passa rapidinho, a garota é rápida hahahahahah!
Uma das coisa que adorei no livro é que a cada descobrimento que fazemos lendo imaginamos uma coisa, mas no final parece ser outra, e isso vai mudando no decorrer da estória, o que a torna muito empolgante!!! Não posso me esquecer claro de todos os romances que acontecem durante o livro, sejam no diário ou na vida da Emily, que acaba se envolvendo em um "triângulo amoroso" (não tenho certeza se pode ser chamado assim..) com um ex-marido de quebra galho. Mas ainda é pior no diário, tem muito mais gente envolvida. Será que no meio de tanta bagunça ela vai conseguir se curar de um amor malfadado, uma seca na sua criatividade, resolver os problemas de sua família, e ainda encontrar tempo para si mesma e para seu coração quebrado, tudo isso no lindo mês de março? Bem vocês terão que ler para descobrir, e aviso logo que não irão se arrepender! 
A escrita da Sarah é muito boa, e bem fluida, num instante terminei o livro, e queria mais ç.ç! A narrativa de Emily (o livro é em primeira pessoa) faz com que nos identifiquemos com a personagem logo de cara, e é tão fluida que chegamos ao final do livro sem perceber, ela é super carismática e curiosa, além de fofa (ela fica toda sem graça quando alguém a reconhece como escritora).
Amei a estória da Emily, e ri bastante com ela e sua tia Bee (um amor de personagem!). Fiquei com um gostinho de quero mais no final.
Ah, a Novo Conceito tá de parabéns, porque o acabamento do livro ficou lindo, fora todos os detalhes nas páginas, adoreiiii! 
Espero que vocês tenham ficado curiosos, e tenham gostado da resenha!!!
Bjussss

***** (5 estrelas)





Back
to top