sexta-feira, 12 de abril de 2013

[RESENHA] SOL EM MINHA NOITE


Livro: Sol em Minha Noite
Autor(a): Faah Bastos
Editora: Modo Editora

Resumo:
Helena torna-se depressiva após uma perda irreparável em sua família, e a única coisa que mantém os seus dias suportáveis, são as cartas que troca com Orfeu, um rapaz que ela não conhece pessoalmente. Movida pelo desespero, tenta o suicídio no riacho que costumava frequentar com o pai, porém um misterioso rapaz, – Rafael, de 19 anos um rebelde que está em busca de seu pai verdadeiro – a salva. Helena descobre-se absurdamente apaixonada pelo enigmático Rafael, ao mesmo tempo em que se sente confusa acerca de seus sentimentos por Orfeu, que demonstra estar se apaixonando por ela. Agora, Helena precisa descobrir a verdadeira identidade de Orfeu e lidar com o ciúme que Daniel, seu melhor amigo, tem de Rafael. Ela se define como uma noite em busca do dia. Mas, quem diante de tantos conflitos será capaz de se tornar o sol em sua noite? Esse mistério, ela tentará desvendar.
Resenha:
    Sol em Minha Noite chegou de maneira despretensiosa em minhas mãos. Assim como ocorre com grandes amores, daqueles que você sabe que vão durar a vida inteira. Examinei sua capa e todas as informações sobre a história e sobre a autora. Decidi esperar o dia seguinte para lê-lo. Pois um livro de uma densidade tão grande precisa de tempo e calma para ser compreendido.
E então quando estava na paz do meu quarto comecei a conhecer a história de Helena, uma história de dor, triste e sombria de uma menina de 17 anos que sofre como ninguém à perda daquele que não fora só seu pai, mas fora seu herói, seu porto seguro.
   A cada página, a cada linha e a cada palavra a autora, Faah Bastos, nos leva a conhecer um mundo feito de dor e escuridão. O mundo particular da protagonista da história. Helena nos mostra o quão grande pode ser a dor da perda. Uma dor tão grande capaz de levá-la a tentar o suicídio. O destino resolve lhe dar outra chance para recomeçar e então, ela é salva por Rafael, um rapaz misterioso de 19 anos. Ela, depois de todo seu sofrimento, descobre-se completamente apaixonada por seu salvador.
    Mas há um dilema em sua mente pois ela sabe que está apaixonada por Rafael, mas sente traindo os sentimentos de Orfeu, com quem passara a trocar cartas de amor após a morte de seu pai. Essa cartas eram o único conforto que ela tinha para sua dor. E por tudo o que tinha vivido com Orfeu mesmo que apenas em palavras era forte, embora nem ela mesma conseguisse definir seus sentimentos pelo seu poeta. Para piorar sua situação ela ainda precisava entender o motivo da raiva que havia entre Rafael e seu melhor amigo Daniel.
    Helena após conhecer tanto sofrimento tornara-se noite e não conseguia mais ver o sol brilhar em sua vida. Ela precisa descobrir quem era o Sol em Sua Noite.
     Este livro, que chegou bem sorrateiro, conquistou meu coração da forma mais profunda possível através de uma história sobre perdas, mas principalmente uma história sobre a beleza da vida.

P.S.: Esse livro foi o verdadeiro Sol em Minha Noite.
Feito por Natalia Abdon

Assista ao book trailer do livro:


Back
to top