quinta-feira, 11 de abril de 2013

[RESENHA] A Ascensão dos Nove - Os Legados de Lorien


Livro: A Ascensão dos Nove
Série: Os Legados de Lorien
Autor(a): Pittacus Lore
Editora: Intrínseca


Sinopse: Antes de encontrar John Smith, o Número Quatro, eu estava sozinha, lutando e me escondendo para continuar viva. Juntos, somos ainda mais poderosos. Mas isso só vai durar até precisarmos nos separar para localizar os outros. Fui até a Espanha em busca da Número Sete e encontrei mais do que esperava: um décimo membro da Garde, que conseguiu escapar vivo de Lorien. Ella é mais jovem que o restante de nós, mas igualmente corajosa. Agora estamos à procura dos outros — de John inclusive.


Resenha: Neste livro, a narração é feita por Marina, a número seis que vivia na Espanha no livro anterior, número Seis e John, o número Quatro. Durante toda a narração, há uma tensão que faz com que o leitor não largue o livro, ansiando por saber o que vai acontecer em seguida. Agora os morgadorianos estão cientes do paradeiro dos números quatro e nove, e depois de formar uma aliança com o governo, eles vão atrás dos dois. Enquanto isso, depois de fugir de morgadorianos na Espanha  Marina, Ella, número Seis e Crayton - o Garde de Ella - tentam encontrar o número Oito que está na Índia. Enquanto o grupo de Lorienos está dividido, lutando para que todos juntos possam enfrentar os morgadorianos para livrar a Terra e Lorien deles, Sétrakus Rá dá as caras e começa a aparecer nos sonhos de Quatro, Oito e Nove. O confronto com Sétrakus Rá é o momento mais esperado do livro não só pelos leitores, mas também pelos personagens. Ella, o número dez, a garota que veio na outra nave que Henri tinha falado sobre com John, se torna uma das peças mais valiosas na hora do confronto, assim como Sarah, aquela que eu por um momento até esqueci que ainda fazia parte da história. O final do livro me deixou boquiaberta, e eu posso garantir, não é nada previsível. Para quem está a fim de um livro de ficção que te faça rir e que te prenda, Os Legados de Lorien é uma ótima pedida.

Resenha por Lara Bertrand.

Back
to top