quarta-feira, 24 de junho de 2015

[RESENHA] VIVIAN CONTRA O APOCALIPSE

Livro: Vivian Contra o Apocalipse
Série: Vivian Apple #01
Autora: Katie Coyle
Editora: Agir Now

Resumo:

Vivian Apple tem 17 anos e mal pode esperar pelo fatídico “Arrebatamento” — ou melhor, mal pode esperar para que ele não aconteça. Seus devotos pais foram escravizados pela Igreja faz tempo demais, e ela está ansiosa para que voltem ao normal. O problema é que, quando Vivian chega em casa no dia seguinte ao suposto Arrebatamento, seus pais sumiram e tudo o que restou foram dois buracos no teto…

Vivian está determinada a seguir vivendo normalmente, mas quando começa a suspeitar que seus pais ainda podem estar vivos, ela percebe que precisa descobrir a verdade. Junto com Harp, sua melhor amiga, Peter, um garoto misterioso que tem os olhos mais azuis do mundo e informações sobre o verdadeiro paradeiros dos seguidores da Igreja (ou é o que ele diz), e Edie, uma Crente que foi “deixada para trás”, os quatro embarcam em uma road trip pelos Estados Unidos. Mas, depois de atravessar quilômetros de eventos climáticos bizarros, gangues de Crentes vingativos e um estranho grupo de adolescentes auto-intitulados os “Novos Órfãos”, Viv logo vai perceber que o Arrebatamento foi só o começo.
Katie Coyle, vencedora do Young Writers Prize do jornal The Guardian em 2012, imagina uma realidade infelizmente muito próxima da nossa, em que capitalismo, política, entretenimento e religião se combinam para criar uma cultura de intolerância que não acaba com o Arrebatamento. Com reviravoltas surpreendentes, um humor mordaz típico da geração Y e personagens femininas que não devem nada a ícones como Buffy e Rory Gilmore, Vivian contra o apocalipse é uma estreia arrebatadora que vai fazer você questionar até onde iria pela verdade.


Resenha:
Falando francamente eu comecei o livro e achei ele meio chato e muito religioso, mas resolvi dar uma chance (eu tinha ouvido muitos elogios a respeito da história e fiquei curiosa)... Devo dizer que me surpreendi muito, não pensei que eu fosse chegar a gostar.
A história trata de um mundo pré, durante e pós apocalíptico, onde as pessoas são um tanto fanáticas por uma religião e segue a risca o Livro de Frick e só aqueles "merecedores" serão arrebatados. É basicamente aí que a história toma forma... 
Vivian Apple tem 17 anos e sempre foi uma boa moça, seus pais são totalmente devotos ao Livro de Frick, ela só os obedece. Tudo anda normal até o dia do arrebatamento, também é o dia que seus pais somem, assim como vários outros crentes, e o mundo se torna um verdadeiro caos.
Vivian tenta seguir sua vida, desde antes do arrebatamento ela só queria a normalidade, mas então algo a faz desconfiar que os seus pais, até então arrebatados, possam estar vivos e desaparecidos. Com isso em mente ela parte, com seus amigos, atrás da verdade por trás da igreja, do Livro de Frick e do Arrebatamento. Nesse ponto começamos a  ver uma Vivian amadurecer e a descobrir o que em realidade ela crê, quer e é. 
Achei bem interessante conhecer e  acompanhar o amadurecimento da Vivian, ela saindo de uma garota "certinha" para alguém que se torna o diferencial, que busca a verdade por trás de tudo o que está acontecendo.
A história é cativante e nos deixa com gostinho de quero mais, estou louca pela continuação para saber oq ue irá acontecer com a Vivian e com os amigos dela. 
Adorei o fato da autora abordar um tema tão batido, como o apocalípse, de uma maneira diferente e super original. Não há zumbis, doenças, vírus, desastre terrestre nem nada do tipo. Gostei desse lance do fanatismo religioso e o caos que isso pode gerar. 
De uma visão geral temos um livro bom, super bem escrito, com uma história diferente de tudo o que já li. 
Eu gostei muito e recomendo!!!!
Back
to top