sexta-feira, 8 de maio de 2015

[RESENHA] FINGINDO

Livro: Fingindo
Série: Losing It #02
Autora: Cora Carmack
Editora: Novo Conceito

Resumo:
Por quanto tempo você consegue prender alguém? 

Meu nome é Cade Winston. Aluno de mestrado em belas-artes, voluntário, abraçador de mães e seu namorado pelas próximas vinte e quatro horas. Prazer em conhecê-la.
Com seus cabelos coloridos, tatuagens e um namorado que combina com tudo isso, Max tem exatamente o estilo que seus pais mais desprezam... E eles nem sonham que a filha vive assim.
Ela fica em apuros quando seus pais a visitam na faculdade e exigem conhecer o futuro genro. A solução que Max encontra para não ser desmascarada é pedir para um desconhecido se passar por seu namorado.
Para Cade, a proposta veio em boa hora: é a chance que ele esperava para acabar com a sua fama de bom moço, que até hoje só serviu para atrapalhar sua vida.
Um faz de conta com data marcada para terminar... E um casal por quem a gente vai adorar torcer. Fingindo vai seduzir você.



Resenha:
 Após se apaixonar pela melhor amiga e sofrer a desilusão de ver ela não retribuir o seu sentimento e cair nos  braços de outro cara, Cade resolve se dedicar a sua carreira e aos seus estudos.
Mas mesmo com o coração em pedaços ele ainda mantém uma relação de amizade com Bliss e é num encontro "forçado" que duas coisas completamente diferentes acontece em sua vida: Garrick anuncia que irá pedir Bliss em casamento e ele conhece Max que faz uma proposta um tanto inusitada.
Max é sinonimo de problema, ela sabe bem disso e não nega. Com tatuagens, cabelos coloridos e uma personalidade franca e direta a única coisa que ela menos deseja é reencontrar os pais e passar por todo o sofrimento novamente. E quando ela descobre que seus pais estão prestes a aparecer de surpresa ela simplesmente surta, ela já é super criticada e não precisa piorar sua situação apresentando um namorado todo tatuado, músico e um tanto "burrinho". 
Daí ela dispensa seu namorado e apela para o único cara sozinho no café e implora para ele que ele finja ser seu namorado temporariamente.
Cade é tão bom no seu "papel" que os pais de Max se apaixonam por ele e o que era para ser algo temporário se transforma em dias, meses, e os sentimentos ficam confusos.
Cade não quer se envolve sentimentalmente com Max, ela tem um namorado e ele não faz o tipo que luta pelo que quer. Mas será que ele irá deixar seus fantasmas do passado no passado e lutará pela mulher que ama??? Max será capaz de acreditar que merece ser feliz e deixar a culpa e a dor para trás???
Eu adorei o livro, mas esperava algo mais (em especial no final). A história de Max é bem sofrida e triste e o Cade é mais complexo do que eu imaginava. Eu adorei o primeiro livro e gostei muito desse, pensei realmente que iria superar o primeiro, mas não superou... Perdendo-me continua sendo o melhor..kkkkkk
Eu super recomendo esse livro e a autora!!!



Back
to top