segunda-feira, 18 de março de 2013

[RESENHA] O Poder dos Seis - Os Legados de Lorien


Livro: O Poder dos Seis
Série: Os Legados de Lorien
Autor(a): Pittacus Lore
Editora: Intrínseca

Sinopse: O planeta Lorien foi devastado pelos mogadorianos, e seus habitantes, dizimados. Exceto nove crianças e seus guardiões, que se exilaram na Terra. Eles são como os super-heróis que idolatramos nos filmes e nos quadrinhos – porém, são reais. O Número Um foi morto na Malásia. O Número Dois, na Inglaterra. E o Número Três, no Quênia. Tentaram pegar o Número Quatro, John Smith, em Ohio, e falharam. Em O poder dos seis, John e a Número Seis se recuperam da grande batalha contra os mogadorianos, de quem ainda fogem para salvar a própria vida. Enquanto isso, a Número Sete está escondida em um convento na Espanha, acompanhando pela Internet notícias sobre John. Ela se pergunta onde estão Cinco e Seis, imaginando se um deles é a garota de cabelo preto e olhos cinzentos de seus sonhos, cujos poderes vão além de tudo o que ela já imaginou, aquela que tem a força necessária para reunir os seis sobreviventes.

Resenha: O livro agora passa a ser dividido em duas partes, por vezes contando o dia-a-dia de Marina, a número Sete, por outras continuando a história do número  Quatro, John. Assim como o primeiro livro conta a história de John antes de ser encontrado pelos morgadorianos, a sequência de Eu Sou o Número Quatro conta a história de Marina, uma garota que passou por dias terríveis com a sua cêpan Adelina, até que elas encontraram refúgio num convento na Espanha. Enquanto isso, John, Sam, Seis e Bernie Kosar lutam para fugir não só dos morgadorianos, mas também da polícia que os acusa de ser terroristas e falsificadores, mas o objetivo deles agora não é apenas fugir e se manter seguro, como também é o de encontrar os demais números, para que juntos, possam derrotar os morgadorianos. John se descobre no meio de uma paixão que já havia sido prevista por Henri quando ele confessou estar apaixonado por Sarah, e mesmo sabendo de toda a verdade que havia nas palavra de seu cêpan, se nega a aceitar essa paixão por um longo tempo. Enquanto isso, na Espanha, depois de ver todas as novas informações sobre John, Marina luta pela compreensão de Adelina, que parecer ter sido mudada depois de um certo tempo morando no convento, e o seu maior desejo é completar 18 anos para sair de lá, mas a cada vez que essa vontade aumenta, algumas coisas vão entrando no seu caminho, impedindo-a de deixar tudo para trás. O Poder dos Seis é um livro que prende o leitor, que fica querendo saber o que vai acontecer a seguir quando a narração é interrompida e chega a vez de um outro personagem contar a sua história kkkk. John acaba descobrindo várias coisas que deixam você boquiaberto, imaginando como não tinha pensado naquilo antes, apesar de às vezes, serem coisas sem sentido mesmo. Sobre o livro, há muito mais o que contar, mas se eu fizesse isso, iria acabar contando toda a história e tiraria todo o gostinho de lê-lo.

Resenha por Lara Bertrand


Back
to top