segunda-feira, 4 de junho de 2012

Resenha: O Trono do Sol - a Magia da Alvorada - O Ciclo Nessântico 1



Livro: O Trono do Sol - a Magia da Alvorada - O Ciclo Nessântico 1
Autor (a): S.L. Farrell
Editora: LeYa
Paginas: 580

Sinopse: Nessântico – terra de luxúria e perigos, que durante séculos influenciou povos além de suas fronteiras. Uma cidade forte, sedutora, e que mesmo sob o efeito do comércio e da guerra abriga intelectuais, ricos e poderosos de todo o país. Um lugar muito invejado, e por isso as coisas estão prestes a mudar. Governada por Marguerite ca'Ludovici, que agora prepara-se para celebrar seu Jubileu e passar o seu legado para seu filho Justi, enquanto Jan ca'Vörl, um poderoso nobre, tenta armar uma rebelião. Archigos Dhosti ca'Millac, líder da Fé de Concénzia e aliado de Marguerite, luta para controlar fundamentalistas como Orlandi ca'Cellibrecca , enquanto eles clamam por uma ação contra aqueles que insistem em afirmar que a magia não está ligada à fé em Cénzi. Presa no meio desta disputa por poder está a jovem sacerdotisa Ana co’Seranta, cuja impressionante habilidade com a magia a torna um peão na luta pelo poder. O trono do Sol é uma trama onde o elenco ativo é um fascínio imenso, muitos dos quais se alternam na narrativa. Leitores que apreciam a construção de um mundo de intriga e ação mergulharão nesta história rica e complexa.

Resenha: 

O trono do sol é um livro impressionante que envolve politica, religião guerra e feitiçaria. Apesar de ser extenso a leitura não é cansativa até porque é trama a cada capitulo e traição para todos os lados. 

Conta a História de Nessântico, uma cidade muito poderosa que é liderada pela "Kraljica" (o titulo mais parecido com uma Imperatriz) cujo nome é Marguerite ca'Ludovici e que tem um filho chamado Justi que anseia muito a morte da mãe para assumir "o Trono do sol" e liderar a cidade. Como é uma cidade muito influente causa inveja na vizinhança principalmente em uma cidade liderada por Jan caVörl, onde se encontra um poderoso exercito que fornece ajuda a Nessântico em tempos de guerra. A religião do Povo de Nessantico é a "Concenzia" eles acreditar em "Cenzi" e Controlam o Ilmodo (o caminho) Um poder que emana através dos cânticos, no qual é possível ser moldado e utilizado para varias coisas como acender as lâmpadas da Cidade um marca registrada de Nessântico. A igreja é liderado por um Archigos Que é o líder da Fé de Concénzia seu nome é Dhosti ca'Millac Porém o A'teni Orleandi Ca'Cellibrecca um fanático pela religião que pretende exterminar todos os "Numetodos" (um grupo que acredita que para moldar o Ilmodo não necessita de Deus algum sim de uma formula) é o mais indicado a assumir o titulo de Archigos após Dhosti, ele acaba entrando em um joguinho bem perigoso que você vai entender ao decorrer da história. Nisso tudo entra Ana Co'Seranta que acaba se tornando a preferida pelo Archigos e ameaça Assumir o Titulo após Dhosti. Ela acaba se envolvendo com um numetodo Chamado Karl ci'Vliomani. Mas ai entra a Guerra... e Que guerra, enfim so lendo para entender. A história é uma Teia que vai se tercendo aos poucos...

 Na minha cabeça:

Justi que assumir o trono porem o Jan também quer... Orleandi quer ser o lider da Fé mais ai entra Ana... Que se envolve com um numetodo que são considerados uma praga para a fé... Ainda tem Ca'Rudka um especialista em torturas e acaba tendo um certa afinidade pelo Enviado Karl ci'Vliomani. E Não vamos esquecer de "Mahri" um mendigo misterioso de uma seita desconhecida com intensenções... Que você so vai saber se ler. :P 
Back
to top