quinta-feira, 12 de abril de 2012

Resenha: Jogos Vorazes

Livro: Jogos Vorazes
Autor (a): Suzanne Collins
Editora: Rocco
Paginas: 397

Sinopse: Após o fim da América do Norte, uma nova nação chamada Panem surge. Formada por doze distritos, é comandada com mão de ferro pela Capital. Uma das formas com que demonstram seu poder sobre o resto do carente país é com Jogos Vorazes, uma competição anual transmitida ao vivo pela televisão, em que um garoto e uma garota de doze a dezoito anos de cada distrito são selecionados e obrigados a lutar até a morte! Para evitar que sua irmã seja a mais nova vítima do programa, Katniss se oferece para participar em seu lugar. Vinda do empobrecido distrito 12, ela sabe como sobreviver em um ambiente hostil. Peeta, um garoto que ajudou sua família no passado, também foi selecionado. Caso vença, terá fama e fortuna. Se perder, morre. Mas para ganhar a competição, será preciso muito mais do que habilidade. Até onde Katniss estará disposta a ir para ser vitoriosa nos Jogos Vorazes?



A América do Norte como conhecemos não existe mais. Em seu lugar está Panem, formado pela Capital e 12 outros distritos (já que o 13º foi dizimado). Todos os anos, para assegurar sua supremacia, a Capital promove os Jogos Vorazes, nos quais um casal de cada distrito, entre 12 e 18 anos, é sorteado para “jogar” até que sobre apenas um. 

É nesse meio, que encontramos a Katniss Everdeen, que tem 16 anos e desde a morte de seu pai se tornou a chefe da casa. Isso porque sua mãe se recolheu em um poço de tristeza e sua irmãzinha, Prim, precisava de apoio. Katniss faz de tudo para manter sua família viva na Costura, a parte mais miserável do já pobre Distrito 12. 

Comecei a ler e, no inicio, achei a história interessante, porém lenta. A personalidade de Katniss e a curiosidade sobre o enredo que me seguraram para continuar com a leitura. Por que, o começo é bem parado. Mas depois que os Jogos começam, tudo muda, até parece outro livro. E os acontecimentos são rápidos e emocionantes, a cada página você se sente mais ansioso com o desfecho da história.

Repleto de cenas inesperadas, mortes inemaginavéis, momentos de tensão e amor, Jogos Vorazes é um dos livros mais bem pensados que já vi.


Resenha feita por: Fabson Gabriel.
Back
to top